A eterna crise existencial do PMDB

E a Executiva do PMDB do Paraná decidiu “abandonar ” o governo Richa e determinou que os integrantes da sigla deixem os cargos que ocupam no governo Tucano.

Não deixa de ser curioso. O PMDB concorre cabeça a cabeça com o PP e o PTB em ser o partido mais adesista do Brasil.

Hai Gobierno? Tamo Junto!

Enfim, a executiva deu um prazo de 30 dias para que a galera abandone o barco.

Deixe uma resposta