A rejeição nossa de cada dia

Se há algo que político teme é a famosa coluna da rejeição. É a resposta à pergunta fatídica: Em quem você não votaria de jeito nenhum.

Neste aspecto, conforme a pesquisa da Multicultural, a distância entre os dois primeiros colocados nas intenções de voto também é grande.

Marcelo Belinati teria hoje 18,5% de rejeição enquanto que Valter Orsi aparece com 0,5%.

 

6 thoughts on “A rejeição nossa de cada dia

  • 27/07/2016, 10:50 em 10:50
    Permalink

    E o marido da assessora de Marcelo Belinati, dona Boca Aberta, está liderando.
    Vai trazer a rejeição pra casa?

    Resposta
  • 27/07/2016, 11:11 em 11:11
    Permalink

    Essa rejeição deve ter origem em pensamentos de uns e outros aí. Dia desses mesmo, um cidadão me falou que o Marcelo “se mistura com gente humilde pra fazer política”. Eu dei logo uma invertida no preconceituoso. Como pode um cara pensar assim do Marcelo, sendo que o mesmo é médico do INSS e do SAMU, logo, ele trabalha com gente simples e com certeza gosta do que faz. Essa rejeição é puro preconceito pra tentar derrubar o rapaz.

    Resposta
  • 27/07/2016, 17:52 em 17:52
    Permalink

    Não se faça de rogado João Carlos, a rejeição é porque o Marcelo tem um tio chamado Belinati (que afundou Londrina) e um padrinho chamado Ricardo Barros, fora dezenas de desocupados desse time que está louco para pegar uma boquinha na prefeitura,

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: