Álvaro quer todos, pode ficar sem nenhum

E no regabofe no Madalosso em Curitiba, mais uma pequena intriga. O candidato à presidência da República, Alvaro Fernandes Dias, teve o cuidado de não convidar qualquer um dos candidatos ao governo – Cida, Ratinho, Osmar, e os possíveis demais que concorrerão ao cargo – pra não provocar ciúmes. Quer todos ao seu lado.

Há quem diga que os candidatos preteridos na festança podem também ter o cuidado de não apoiá-lo para qualquer cargo nas próximas décadas.

 

Um comentário em “Álvaro quer todos, pode ficar sem nenhum

  • 09/06/2018, 19:15 em 19:15
    Permalink

    Será que o moralista Álvaro Dias vai fazer um discurso indignado – como costuma fazer quando o delatado é petista – para denunciar seu suplente e seu principal financiador da campanha de 2014 que foi acusado de pagar uma propina de R$ 500 mil para receber uma bolada de R$ 300 milhões do FI-FGTS? De qualquer maneira, pra quem recebe uma bolada de R$ 300 milhões, doar R$ 745 mil para a campanha de seu amigo Álvaro Dias deve ter sido uma moleza.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: