André Vargas não consegue ir para regime semiaberto

O ex-deputado federal André Vargas foi condenado a 14 anos e quatro meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Além da reparação de danos ao erário de R$ 1,1 milhão, imposta pelo juiz Sérgio Moro. Ele está preso no complexo penal de Pinhais, desde abril de 2015. O ex-deputado já cumpriu o tempo de prisão e pediu a progressão de regime de prisão que foi negada.

Deixe uma resposta