Até a Friboi queria iluminar São Paulo

Haddad no escuro
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, acaba de sofrer a maior derrota de sua gestão: tentou, com o máximo possível de discrição, empurrar um contrato de R$ 7,5 bilhões para iluminação urbana, carregado de pontos altamente discutíveis e sem votá-lo na Câmara. Na manobra, o mesmo secretário que coordenou o plano – uma PPP, parceria público-privada em que a Prefeitura entrava com o investimento e os parceiros privados com o recebimento dos lucros – foi nomeado para o Tribunal de Contas do Município e encarregado de ser o relator do seu próprio plano.

Só que a história foi revelada. E o Tribunal de Contas, exposto aos holofotes, decidiu adiar o projeto e pedir à Prefeitura que explique a série de itens pouco claros no projeto de iluminação. Uma curiosidade: entre os participantes da concorrência da iluminação pública está o grupo do Friboi.

Um comentário em “Até a Friboi queria iluminar São Paulo

  • 18/06/2015, 11:42 em 11:42
    Permalink

    Éh. Tem boi na linha.
    E depois vão dizer que a Friboi não é do grupo de lavagem de dinheiro do PT.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: