CCJ rejeita emenda que daria 8,17% de reposição em parcela única

Da Gazeta do Povo

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa rejeitou nesta terça-feira a emenda da oposição que tenta conceder reajuste imediato de 8,17% para o funcionalismo público do estado. A votação de 8 a 4 a favor do governo, que pretende parcelar o reajuste. Os votos contrários foram de Péricles de Mello (PT), Pastor Gilson de Souza (PSC), Cláudia Pereira (PSC) e Pastor Édson Praczyk (PRB).

Agora, a oposição pretende recorrer ao plenário da decisão. É muito difícil que consiga qualquer resultado, até porque a emenda é visivelmente inconstitucional. O Legislativo não tem permissão para criar qualquer custo para o Executivo. (Leia mais)

Deixe uma resposta