Contas de Tio Bila são rejeitadas pela Câmara. Mas a base quase não deixou

Impressiona o que o esforço da base do governo de Marcelo Belinati em salvar o Tio Bila.

Hoje a Câmara votou as contas do ano de 1999 do tumultuado e cassado mandato de Antonio Belinati. O Tribunal de Contas apontou uma série de irregularidades e deu parecer pela rejeição das contas do então prefeito.

Eram precisos 13 votos para salvar o Tio Bila. E quase deu.

Das Curiosidades:

O vereador Guilherme Belinati não se sentiu impedido em votar as contas do avô que garantiu a ele o primeiro mandato de edil;

O presidente da Casa, Ailton Nantes, que quer a reeleição, foi decisivo: se absteve;

Outro que se absteve: o vereador decidido Felipe Prochet;

Daniele Ziober não se fez presente.

veja como votou cada vereador:

2 thoughts on “Contas de Tio Bila são rejeitadas pela Câmara. Mas a base quase não deixou

  • 19/12/2020, 10:07 em 10:07
    Permalink

    E outros como Takahashi que não se sentiam aptos a julgar condenar em suas palavras este caso sob pena de ser injusta, mas não demonstra em momento algum senso de culpa em estar massacrando os servidores injustamente!

    Resposta
  • 19/12/2020, 17:26 em 17:26
    Permalink

    A lista do sim é o toma lá dá cá. Aguardemos.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: