Deputado denuncia manipulação em enquete feita pela Câmara Federal sobre o Estatuto da Família

Do blog do Pedriali

O deputado federal Diego Garcia (PHS-PR/foto) denunciou a manipulação de votos na enquete do Estatuto da Família, em sessão do Plenário, nesta quinta-feira (20). Durante discurso, o parlamentar apresentou dados que comprovam a fraude e pediu providências da administração da Casa. Mais de 10 milhões de votos foram computados até o início de agosto.

A enquete foi criada no dia 11 de fevereiro de 2014, noticiada algumas vezes no site institucional e em veículos de comunicação. A pesquisa perguntava:  “você concorda com a definição de família como o núcleo formado a partir da união de um homem e uma mulher prevista no projeto que cria o estatuto da família?”.

Diego Garcia reclamou ao presidente da Casa, Eduardo Cunha, que a vitória de 51,62% (Não) contra 48,09% (Sim) para o conceito de núcleo familiar no Estatuto da Família não pode ser considerada. O solidarista é representante da Comissão Especial que analisa o projeto de lei 6583/13 e pediu à administração da Casa para publicar uma nota no portal com os dados reais, considerando apenas um voto por IP.

De acordo com dados fornecidos pelo Centro de Informática (Cenin), de fato, houve expressiva votação individual. Segundo Diego Garcia, mais de três milhões de votos são de apenas 66 computadores, sendo que mais de 1,6 milhões vieram de um único IP. Além disso, 122 mil votos foram computados em um único dia, para uma única opção, na cidade de Garanhuns (PE). Vale lembrar que a cidade possui apenas 112 mil habitantes. (leia mais)

Um comentário em “Deputado denuncia manipulação em enquete feita pela Câmara Federal sobre o Estatuto da Família

  • 21/08/2015, 22:56 em 22:56
    Permalink

    Basta ver o gelzinho no cabelo pra saber a que bancada o deputado pertence. Estamos no Século XXI e ainda existe gente que quer controlar a vida dos outros que não professam a mesma fé religiosa, como era no tempo da inquisição. Sai, capeta!!!

    Resposta
  • 22/08/2015, 18:15 em 18:15
    Permalink

    A denúncia desse deputado tem a relevância de um peido no centro do deserto Saara.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: