Deputado Nelson Meurer é citado em planilha de doleiro da Lava a Jato

Deputado Nelson Meurer (PP) é citado em planilha de doleiro – Agência Câmara

SÃO PAULO – O nome do deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) apareceu pela segunda vez na Operação Lava-Jato. A planilha com a contabilidade paralela do Posto da Torre, em Brasília, do doleiro Carlos Habib Chater, mostra pagamento de R$ 42 mil para “Nelson Meurer”. Na mesma página, há três remessas endereçadas só a “Nelson”, no total de R$ 103 mil.

A Lava-Jato começou com investigações das atividades do posto de combustíveis. No local, também funcionam uma casa de câmbio, uma lavanderia e um lava-jato de veículos, o que deu o nome à operação.

O doleiro Alberto Youssef afirmou que fazia remessas para Chater que, por sua vez, se encarregava de distribuir os valores para políticos em Brasília. Na contabilidade de Chater, ainda há diversas operações feitas com o codinome “amiguinha”, identificadas pela Polícia Federal como sendo entregas de dinheiro feitas a pedido da doleira Nelma Mitsue Panasso Kodama — um dos quatro doleiros presos. (leia mais)

4 comentários em “Deputado Nelson Meurer é citado em planilha de doleiro da Lava a Jato

  • 28/11/2014, 18:06 em 18:06
    Permalink

    Este intrépido e corajoso Paçoca com Cebola divulgou recentemente valores de doações feitas pela Galvão Engenharia S/A, enrolada até o pescoço no processo Lava, aos figurões do PP. O deputado Nelson Meurer, com R$ 1.117 mi, seguido do dono do PP no Paraná, Ricardo Barros, com CR$ 627 mil O candidato tupiniquim, Marcelo Belinati recebeu apenas 25,6 mil, nada comparado com os R$ 1,84- milhão a Gleisi Hoffmann (PT) e R$ 500 mil ao Requião (PMDB). Isso o que foi declarado no TRE, Fico imaginando em nível nacional o quanto essa Galvão distribuiu em grana do Petrolão aos partidos e candidatos.

    Resposta
  • 28/11/2014, 21:12 em 21:12
    Permalink

    Então o processo agora vai subir pro STF. Certamente no STF teremos muitas novidades. Lá o processo não vai ter influência dos delegados federais antipetistas (e pró tucanos evidentemente). Por isso muitos tucanos andam bem mudinhos. No caso do deputado federal Nelson Meurer, político profissional defensor do setor agrobusiness, foi eleito em 2010 pelo PP em coligação com o PSDB, PPS e DEM. Com o dinheiro do petrolão, podemos então concluir que o deputado Nelson não apenas se elegeu, mas também ajudou a eleger o governador e algum deputado estadual aliado. Vai ser difícil os tucanos esconderem o rabo dessa vez…

    Resposta
  • 28/11/2014, 22:16 em 22:16
    Permalink

    A coisa ta chegando perto do Beto Richa, e ja ja que sua vice a mulher do R Barros, apareçe na parada…..

    Resposta
  • 29/11/2014, 21:00 em 21:00
    Permalink

    O deputado Nelson pode ficar tranquilo. Ele nunca será expulso do PP. Talvez até seja homenageado…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: