E o subchefe derrubou o general

É tamanho o poder de Pedro Cesar Sousa, subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, que palacianos põem na sua conta a demissão do diretor-geral da Usina de Itaipu, o general João Francisco Ferreira. Oficialmente, o militar pediu exoneração por motivos pessoais. Mas até os tapetes do 4º andar do Palácio sabem: o militar tinha acesso livre ao presidente Bolsonaro, e agendou duas reuniões diretamente com o chefe. A primeira, Sousa deixou passar. A segunda, não perdoou. Se Bolsonaro quer ordem, tudo deve passar pelo subordinado que mais despacha com o presidente.

https://istoe.com.br/garotinho-quer-voltar/

Leia Também

Ministério da Justiça cria rede para coordenar combate à corrupção

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) publicou hoje (16) no Diário Oficial da União (DOU) uma portaria...

UEL abre inscrições para Pós em Filosofia Política e Jurídica

A partir da próxima quarta-feira, dia 18 de maio, estão abertas as inscrições para o...

Pessuti quer o Senado

Agora é oficial, ou quase, o ex-governador Orlando Pessuti é pré-candidato ao Senado pelo MDB.

Comente!

guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Satanás
Satanás
3 meses atrás

O título também poderia ser: O ex-policial militar derrubou o general. Quá! Quá! Quá!