Em Londrina, está definido: se Tiago Amaral sair candidato Filipe Barros não sai. E vice-versa

E outra curiosidade ocorrida no início da tarde de hoje na reunião com Ênio Verri, na Amepar. Estavam lá vários pré-candidatos a prefeito de Londrina.

Dois deles se abraçaram  e deixaram claro – a conferir – que se um sair candidato o outro não sai e vice-versa.

Eram eles Filipe Barros (PL) e Thiago Amaral (PSD).

Depois da reunião na Amepar os dois foram para um escritório conversar ainda um pouco mais pra estreitar a prosa e os próximos passos.

Compartilhe
Leia Também
Comente

3 Comments

  1. Luiz Flávio

    A velha e boa política indecente do compadrio que reforça o sentimento do “tamo junto” mesmo sendo opositores que fortalece tão somente os interesses pessoais, ignorando as aspirações coletivos, um acórdão amigável. Dane-se o povo, o povao é só para efeito das urnas, tratado como massa de manobra, gado mesmo. O BRASIL do presente e futuro precisa acabar com as Capitanias Hereditárias que beneficiam uma dúzia de políticos em cada Estado posto que se eternizam e monopolizam o poder.

  2. Glaucia

    Não voto em nenhum dos dois.
    Filipe Barros é um bolsonarista roxo, não serve para Londrina.
    Espero que apareça candidatos melhores.
    Espero que Marcelo Belinati não apoie esses dois.

  3. Com vagar se vai ao longe....

    Aviso aos novatos e despreparados:
    Em 12 meses, até novo pleito, é possível engravidar uma mulher e o bebê nascer.

    Calma gente, muita água vai passar por baixo da ponte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios