Empreiteiras da Lava Jato doaram R$ 98,8 mi a campanhas de Dilma e Aécio

do UOL

As empreiteiras investigadas na operação Lava Jato da Polícia Federal doaram quase R$ 98,8 milhões aos dois candidatos à Presidência que chegaram ao segundo turno das eleições, no dia 25 de outubro. A prestação de contas final foi divulgada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na noite desta terça-feira (25).

A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) foi a que mais recebeu dinheiro das empresa, ao todo de oito construtoras sob investigação: Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Engevix, Galvão Engenharia, OAS, Odebrecht e Queiroz Galvão. Ao todo foram R$ 64.636.179,25.

As maiores doações foram da Andrade Gutierrez –R$ 21 milhões– e da OAS, que doou R$ 20 milhões.

Aécio Neves (PSDB) recebeu pouco mais da metade de seis construtoras: Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, OAS, Odebrecht e Queiroz Galvão. Somadas as doações, foram doados ao candidato R$ 34.170.000. A Andrade Gutierrez foi também a campeã de doações ao tucano, repassando R$ 19 milhões.

Para chegar ao cálculo, a reportagem somou os valores doados diretamente na conta do candidato e aquelas feitas o comitê único financeiro, que também recebem doações. Também considerou doações feitas em nome de empresas subsidiárias das empreiteiras. (leia mais)

Um comentário em “Empreiteiras da Lava Jato doaram R$ 98,8 mi a campanhas de Dilma e Aécio

  • 26/11/2014, 21:37 em 21:37
    Permalink

    E daí? Afinal de contas, a lei permite… Então vamos lutar por mudanças nas leis. Pra começar, o STF deveria decidir pelo enquadramento da Petrobras na lei das licitações e acabar com o absurdo da medida do FHC que permite contratos milionários da Petrobras sem licitação. E STF também poderia terminar a votação que proíbe a doação de empresas para partidos políticos. Basta o ministro tucano devolver o processo que está na sua gaveta há meses para concluir a votação. Seria um bom começo.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: