Empresa de Maringá na mira da Operação Zelotes

Na Operação Zelotes dos tributos federais reduzidos no CARF da Receita Federal aparece a maringaense Évora (Évora Comercial de Gêneros Alimentícios), com um passivo nesta batida policial de R$ 48,46 milhões – segundo o jornal Zero Hora . E o ponta de lança do grupo Évora (supermercados São Francisco e Cidade Canção) é o Jefferson Nogarolli, que entre outros negócios tem a Companhia Sulamericana de Distribuição (CSD), e cargos no Sebrae, Faciap e Fecomercio. Outro maringaense na lista é Ricardo Barros pois seu PP (Partido Progressista) aparece na operação policial pois ele foi o sucessor de José Janene como tesoureiro do partido e com sérias pendências na Receita Federal e TSE.

Um comentário em “Empresa de Maringá na mira da Operação Zelotes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: