Conversa Política com Paulo Briguet. Da esquerda para a Direita com algumas escalas

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

É, Ratinho, antes tarde do que nunca

Faça o que eu digo… Mas antes tarde do que nunca.

Pois é, só agora Ratinho Jr?

O Secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, deputado estadual Ratinho Júnior, que está deixando o governo, decidiu implantar ontem o programa de compliance no Paranacidade – o serviço social autônomo vinculado a Secretaria. “O programa de compliance traz mais transparência em todos os atos de gestão, estabelece normas e regras de conduta e de ética aos profissionais que fazem parte do Paranacidade”, disse Ratinho Junior que vai ser candidato ao governo em 2018.

Tá, mas só depois de anos e anos dentro do governo?

, , , , , , , , , , ,

Petistas programam manifestação pró Lula em Curitiba

Lula e o parça Palocci. Foto site EsquerdaDiário

Amanhã o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – cuja alcunha é “A Alma mais Honesta do Brasil” vai prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba.

Os petistas – aqueles que ainda acreditam e os que precisam acreditar – marcaram uma manifestação em poio ao ex-presidente. Será na Praça Generoso Marques (próximo à Catedral), no centro de Curitiba, a partir das 18h. Antes, às 16h30, uma aula pública com a presença do ministro da Justiça do governo Dilma RousseffEugênio Aragão, discutirá os métodos utilizados pela Operação Lava Jato.

Confira a programação completa do dia 13/09: (mais…)

, , , , , , , , , , ,

Não há limites para a ambição dos Barros

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, conhecido pelas declarações desastradas que já ofenderam médicos, mulheres e outros grupos, tem um objetivo muito claro: quer se manter no poder, custe o que custar

A revista Piaui trouxe, dias atrás, uma matéria interessante sobre os movimentos do camaleônico ministro da Saúde, Ricardo Barros, para fazer de sua família a nova oligarquia do Paraná.

Veja a matéria produzida pelo jornalista Rafael Moro Martins:

O CÉU É O LIMITE

trajeto entre a igreja e o salão de festas era curto – coisa de poucos metros de caminhada –, mas havia se formado um inesperado e incontrolável corredor polonês. De um lado, manifestantes gritavam “Fora Temer”, cuspiam, jogavam ovos, garrafas e até pedras portuguesas nos convidados da festa – que, no outro extremo, tentavam se proteger dos ataques com as mãos, abaixando-se. Com guarda-chuvas, seguranças contratados para o evento tentavam socorrer os convidados do bombardeio. No meio, a noiva ria amarelo, o rosto transparecendo contrariedade, tentando sublimar o que acontecia. (mais…)

, ,

Por quê os negros participam tão pouco da Política Brasileira?

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Kireeff cria site para esclarecer sobre sua gestão

Como tinha certeza que iria levar umas tijoladas no início da atual administração, o ex-prefeito de Londrina Alexandre Kireeff, resolveu fazer uma prestação de contas para a população.

E, como é apaixonado pela internet, colocou no ar o site http://gestaokireeff.com.br/. Nele o ex-prefeito coloca, tintim por tintim o que considera as melhores ações de sua administração.

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Revelações da Operação Quadro Negro complicam a vida de Richa

Do Cícero Cattani

Segundo reportagem publicada no site deCartaCapital, o esquema, afirmam testemunhas, abasteceu a campanha do governador e de seus aliados nas últimas eleições. Agora, os investigadores querem saber como o dinheiro foi movimentado…Depois da partilha, o restante da quantia era enviado ilegalmente para fora do Brasil por meio de um doleiro, ainda não identificado. Sabe-se apenas que o homem de prenome Rui frequentemente levava dólares e euros à sede da construtora. O doleiro levaria as notas amarradas na perna e saía sempre portando uma mala.” (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

De super poderoso a foragido da justiça: Eike Batista é o novo alvo da Lava Jato

Da Folha de São Paulo

A Polícia Federal tenta cumprir desde o início da manhã desta quinta-feira (26) um mandado de prisão preventiva (sem data para terminar) contra o empresário Eike Batista. A ação faz parte da Operação Eficiência, segunda fase da Calicute, braço da Lava Jato do Rio. (mais…)

, , , , , , , , , , , , ,

Belinati vai anunciar déficit de R$ 120 milhões

Depois de muitas contas feitas, o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati vai anunciar, oficialmente, que a expectativa de déficit para dezembro de 2017, se nada for feito, é de R$ 120 milhões.

Segundo Belinati, não é um valor que pode ser atribuido exclusivamente à administração anterior. “É um valor que vem de várias administrações e se chegou a esse número, seja por circustâncias da economia, erros administrativos, crise e outras variáveis. Por isso, teremos que tomar medidas amargas e impopulares. Mas iremos tomar”, disse o prefeito ao blog.

Entre as medidas está a eliminação de aproximadamente 200 funções de chefia – que acrescentam valores aos salários de funcionários -, redução do número de secretarias e departamentos e contenção do número de cargos comissionados.

, , , , , , , , , , , , , ,

Richa empurra com a barriga nomeação do novo Coordenador da Região Metropolitana de Londrina

O governador Beto Richa está tão preocupado com a região metropolitana de Londrina que desde maio a Coordenadoria da Região Metropolitana está sem comando e até hoje ele não nomeou ninguém pra dirigir a bagaça.

Mas tem aquela situação né, vai que ele nomeia… se o cara quiser trabalhar vai acabar fazendo um monte de reivindicações para a região e isso provoca desgaste.

Sem Coordenador, sem encheção de pacovás.

Mais alguns minutos e todos terão a confirmação de que, como ninguém está sentindo falta, a Coordenadoria não deve servir pra nada mesmo.

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Kireeff assume que quer ser candidato ao governo

Aos mais próximos ele já havia demonstrado a vontade. Agora ele publicou na rede social facebook. O ex-prefeito de Londrina Alexandre Kireeff, definitivamente, quer ser candidato ao governo do Paraná.

Obviamente não basta ele querer é preciso viabilizar politicamente a empreitada. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Reforma Tributária. Como ficarão os impostos no Pais. Veja o que diz o relator da Reforma

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

E, em Foz, Vereadores vão de camburão tomar posse e depois retornam pra cadeia

Foz do Iguaçu é uma cidade ímpar.
Ontem os vereadores reeleitos e que estão presos acusados de propinagem da brava, foram tomar posse, todos de camburão.
Anice Gazzaoui (PTN), Rudinei de Moura (PEN), Darci Siqueira “DRM” (PTN), Edílio Dall’Agnol (PSC) e Luiz Queiroga (DEM) fizeram o juramento e assinaram o livro de posse e dez minutos depois deixaram o plenário para voltar à cadeia.
Bom, se os eleitores de Foz elegeram as figuras é porque devem gostar deles né.
É, mas nem todos, sejamos justos. Muitos eleitores foram protestar na Câmara.

, , , , , , , , , , , , , , ,

O primeiro enrosco de Greca em Curitiba

Do Zé Beto

Apareceu o primeiro enrosco de um integrante do primeiro escalão da equipe do prefeito Rafael Greca. O repórter Ricardo Sabbag informa na Gazeta do Povo que Mauricio Appel, presidente da Fundação Cultural de Curitiba, “foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por dano ao erário público, multado em R$ 42 mil e obrigado a devolver os valores originais de mais de R$ 250 mil, frutos de captação via lei de incentivo à cultura do projeto de produção do CD “Serro Azul”, trilha sonora do filme “O Preço da Paz”, realizado por ele em 2003″. Appel disse que a condenação, de 2014, não o impede de exercer o cargo e que ainda cabe recurso ao STF. Confira a reportagem aqui.

, , , , , , , , , , , , , ,

Citado na Operação Publicano e em outros rolos, Durval Amaral é o novo presidente do Tribunal de Contas

Do G1

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), Durval Amaral, tomou posse como presidente da entidade nesta quinta-feira (12). Eleito pelos pares em 2016, ele substituiu o conselheiro Ivan Bonilha, na presidência da corte de contas.

Durval Amaral está no Tribunal de Contas desde 2012, quando foi indicado pelo governador Beto Richa (PSDB). Nesses três anos, ele já foi citado em pelo menos duas delações premiadas de operações policiais. Uma é a Operação Publicano, que investiga fraudes na Receita Estadual do Paraná e a outra é a Operação Quadro Negro, que apura desvios de dinheiro na construção de escolas estaduais.

Na Operação Publicano, o ex-auditor fiscal Luiz Antônio de Souza contou no depoimento que Durval Amaral procurou o grupo da Receita em Londrina, no norte do estado, e pediu R$200 mil para a campanha do filho, Tiago Amaral, que disputava uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná. Ainda segundo o auditor, Durval Amaral sabia que era dinheiro de propina. (leia mais)

, , , , , , , , , , , ,
Página 1 de 212