Esquemão da Receita Estadual: Gaeco está de olho nas empresas de Arapongas

Do Bonde

O Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prepara uma nova operação contra o esquema de cobrança de propina e sonegação de impostos descoberto na Receita Estadual. O promotor de Defesa do Patrimônio Público de Londrina, Renato de Lima Castro, revelou, em entrevista ao Bonde nesta quarta-feira (22), que o Ministério Público (MP) pretende mudar o foco das investigações para o município de Arapongas (região metropolitana de Londrina). “Foram descobertos vários indícios envolvendo servidores (da Receita Estadual) de Arapongas”, destacou. (leia mais)

Deixe uma resposta