Fantástico não fala sobre vereador mas deve abordar fraude no futebol

do Aroldo Murá

O final de semana foi rico em murmúrios e sussurros, que dominaram grupos de whatsapps e redes sociais, em torno da passagem por Curitiba, ocorrida na sexta-feira, de uma equipe de jornalistas do programa Fantástico, da Globo.

O alvoroço começou por conectar a vinda do Fantástico com a Câmara Municipal de Curitiba, e naquela casa, ao nome de um vereador da mais alta expressão junto ao prefeito Rafael Valdomiro Greca de Macedo.

Os antenados com o noticiário político da cidade não tiveram dificuldades de imediatamente vincular o fato ao recente imbróglio em que está envolvido um vereador do alcaide Greca, acusado de associar-se a um médico (apelidado “Gago”) para concorrer e vencer licitações para PPP de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Secretaria de Saúde de Curitiba.

A associação do nome do vereador no negócio da PPP fazia todo sentido. No entanto, o Fantástico abordou, isso sim, as negociatas com respiradores em diversos Estados, com destaque à vizinha Santa Catarina.

BEM INFORMADO

Quem anteviu com clareza o que apresentaria o Fantástico foi o jornalista Vinicius Sgarbe que, no começo da noite de domingo já havia falado com colegas seus da Globo/Rio e tinha a resposta certa: “Eles vieram a Curitiba para investigar fraudes em jogos de futebol profissional…”

Se tudo se confirmar, com relação a eventuais escândalos no futebol profissional do Paraná e sua abordagem para o próximo Fantástico, haja coração! Quer dizer: novo fim de semana de expectativas noticiosas de temas que a grande imprensa nacional se interessa em abordar. O que é muito bom.

Deixe uma resposta