Juiz determina retorno imediato às aulas no Paraná

Mais um round na briga entre o governador do Paraná Beto Richa e os servidores públicos estaduais que estão em greve há três semanas, aconteceu agora há pouco.
O desembargador Luiz Mateus de Lima, do Tribunal de Justiça do Paraná determinou  o retorno imediato às aulas de professores e funcionários.
Em caso de descumprimento, a multa diária será de R$ 20 mil. Os grevistas também estão proibidos de obstruir, de qualquer modo, o acesso a escolas ou a qualquer outro órgão público estadual ou de impedir o trabalho de outros servidores públicos. “A greve é extremamente prejudicial a milhares de estudantes, os quais estão sendo as maiores vítimas”, afirma o desembargador na decisão. Para Mateus de Lima, “deve prevalecer o direito essencial/fundamental à educação (…). Os princípios da supremacia do interesse público e da continuidade dos serviços públicos se sobrepõem ao interesse particular (categoria profissional)”.

Um comentário em “Juiz determina retorno imediato às aulas no Paraná

  • 04/03/2015, 19:06 em 19:06
    Permalink

    Ja virou coisa Partidária. O PT deita e rola. O Requião deita e rola. E os Professores de bem caem nessa arapuca !!!

    Desta vez o Playboy ta certo…

    Resposta
  • 04/03/2015, 21:09 em 21:09
    Permalink

    Peço a este senhor que tbem determine o afastamento imediato do governador beto richa e cida, e sua equipe, por fraude nos balanços do estado….uns brigam por uma causa justa, outros querem levar o tacho, pois ja rasparam o que tinha dentro…..dura lex sede lex.

    Resposta
  • 04/03/2015, 22:17 em 22:17
    Permalink

    Primeiro, se é desembargador, foi nomeado pelo governador, portanto, é homem de confiança do governador. Segundo: decisão de desembargador não é decisão final. Decisão de desembargador por ser modificada pelo STJ ou STF.

    Resposta
  • 05/03/2015, 00:20 em 00:20
    Permalink

    Quem lucrou com a greve foi o Paraná Clube, que dizem ter alugado o estádio por R$80.000,00, vão torcer para a greve não acabar.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: