Justiça condena fiscal acusado na Publicano a perda do cargo público

Da Folha de Londrina/Guilherme Marconi

O juiz Juliano Nanuncio, da 3ª Vara Criminal de Londrina, decretou a perda do cargo público pelo prazo de 18 anos do auditor fiscal afastado da Receita Estadual do Paraná, Milton Antônio Digiácomo. O servidor é réu condenado no âmbito da Operação Publicano por participação na organização criminosa que agia no órgão fazendário acusado de corrupção e lavagem de ativos.

Segundo o juiz, a demissão se justifica pela condição de funcionário público “para perpetrar delitos contra a administração pública”, e que o réu praticou, de “modo sofisticado”, a lavagem dos ativos advindos de tais crimes. “Comprovou-se que sua conduta é claramente incompatível com a manutenção de seu cargo, haja vista a prática delitiva de forma totalmente oposta ao dever funcional, utilizando-se dos atributos das funções para se enriquecer, em detrimento ao patrimônio público”, escreveu o juiz na sentença.

(leia mais)

One thought on “Justiça condena fiscal acusado na Publicano a perda do cargo público

  • 23/02/2020, 08:21 em 08:21
    Permalink

    ja deveria ser exonerado a muito tempo, alem de ganhar muito bem sempre metido em picaretagem…..fora com estes malandros.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: