Líder nas pesquisas para prefeito de São Paulo, Russonanno foi condenado por se apropriar de dinheiro público

Olha só que beleza.

Deputado federal pelo PRB de São Paulo, líder em pesquisas de intenção de voto na corrida para a Prefeitura da capital paulista, apresentador da TV Record e condenado a dois anos e dois meses de prisão. Assim pode ser definido o minicurrículo do parlamentar-jornalista Celso Russomanno, que teve o último item inserido em sua biografia no sábado, 28, após a revista Veja divulgar sentença de 2014 da Justiça Federal do Distrito Federal, que o considerou culpado pela prática de peculato, crime relacionado à apropriação e ao desvio de dinheiro público.

Convertida em 790 horas de trabalho comunitário e doação de 25 cestas básicas, a condenação de Russomanno é referente ao fato de o político-comunicador ter nomeado para seu gabinete uma mulher que, segundo avaliado pelo Judiciário, dava expediente na empresa particular mantida pelo jornalista atualmente contratado pela Record, onde comanda o quadro ‘Patrulha do Consumidor’. A Justiça Federal concluiu que o deputado manteve Sandra de Jesus como assessora da Câmara por quatro anos, sendo que ela trabalhava na produtora Night and Day Promoções. O caso ocorreu de 1997 a 2001, período em que o congressista esteve filiado ao PSDB e ao PPB (hoje PP). (Leia mais aqui no Portal Comunique-se)

Um comentário em “Líder nas pesquisas para prefeito de São Paulo, Russonanno foi condenado por se apropriar de dinheiro público

  • 30/11/2015, 16:15 em 16:15
    Permalink

    Esse imbecil é o mesmo que chamou duas viaturas para prender uma caixa de super mercado por que ela não queria lhe vender somente um rolo de papél higienico e um iogurte que esse imbecil rompeu as embalagens.Biltre,e querem trocar com o melhoir prefeito do Brasi o Fernando Haddad.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: