Mais um pede o boné

Mais um que deixa o barco.

O Banco do Brasil informou hoje que o presidente André Guilherme Brandão entregou pedido de renúncia do cargo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ao ministro da Economia, Paulo Guedes, e ao presidente do Conselho de Administração da instituição. A decisão de Brandão ocorre após meses de desgaste no comando da instituição financeira.

O pedido vale a partir de 1º de abril. A saída já era dada como certa por auxiliares de Bolsonaro. Segundo fontes do Planalto, o nome para assumir o comando do BB ainda está sendo estudado pelo presidente e será uma indicação de Guedes.

Brandão caiu em desgraça quando propôs fechar 112 agências e desligar 5 mil funcionários do banco, proposta de reestruturação havia agradado investidores e era considerada positiva pela equipe econômica. (leia mais)

Deixe uma resposta