Morre o poeta Edilson Del Grossi

do Blog do Fernando Tupan

A Cultura paranaense está mais pobre com a morte do poeta e publicitário, Edilson Del Grossi. Ele faleceu nesta segunda-feira, após passar 2 semanas na UTI do Hospital Evangélico, devido queimaduras de 2º grau.

Edilson deixa um legado de poesias, muitas dividadas com parceiros de penas e copos, como Sérgio Viralobos, Thadeu Wojciechowski, Marcos Prado, Edson Aranha e Ivan Justen. A obra deles são como balas, entram na mente e despertam espiritos adormecidos.

Revelam uma estética para quebrar tudo o que foi cantado por professores nos ensinamentos de literatura. Com certeza, Paulo Leminski e Prado, que foram embora nos anos 80 e 90, farão no céu, uma nova revolução poética.

Deixe uma resposta