O Guardador de Palavras da Gabi – novo livro da escritora Aida Franco

Da assessoria

Você costuma colecionar fotos e filmes das crianças pequenas com as quais convive? E as palavras? Onde as guarda? As crianças, em cada fase, nos dizem coisas surpreendentes, que nos levam ao riso e à reflexão. E nos questionamos de onde tiram tantas ideias… Porém, com o ritmo acelerado, não damos a atenção necessária e essa riqueza toda não encontra espaço suficiente em nossas memórias. Vez ou outra elas surgem, diante de uma cena similar que acontece com alguma outra criança. E isso é motivo de uma doce nostalgia.

O Guardador de Palavras da Gabi surgiu desses registros cotidianos, anotados pela jornalista  Aida Franco, moradora de Cianorte, no Paraná, inspirada nos primeiros anos de vida de sua filha Gabriella Beatrice, uma mineirinha prestes a completar 12 anos de idade. “Muita coisa se perdeu, por eu confiar apenas na memória ou no universo virtual. Nasceu dos registros das frases compartilhadas nas mais diversas redes sociais e do incentivo dos leitores para juntar tudo isso em forma de um livro”, conta a jornalista. Mas o “tudo isso” seria uma enciclopédia. Então, surgiu a ideia de fazer o Guardador em fascículos. Esse é o primogênito e abrange a fase dos dois aos quatro anos e meio.

Da capa à contracapa, de orelha a orelha, o Guardador de Palavras da Gabi – Elucubrações de uma criança dos dois aos quatro anos e meio, é uma fantástica viagem ao rico universo do imaginário infantil. Pequenos diálogos que remetem ao mundo da lógica: “Eu sou um cachorro.” Então vamos tomar banho, diz a mãe. “Então, eu sou um gato.” Ou a empatia, presente desde cedo. “Tem ‘quiança’ que não tem nada né? Eu queria pegar elas pra mim. Mas tem “quiança” que tem tudo né? Tem até diamante.” São dezenas de frases que garantem risos entremeados com reflexões.

As ilustrações são da própria Gabi, que foram garimpadas em meio às inúmeras pastas de desenhos juntadas ao longo dos anos. Sim, além do pensamento, ela expressa-se muito bem através dos desenhos!

O livro pode ser encomendado diretamente com a jornalista, no Facebook, por 40 reais a  unidade incluindo o frete. A impressão tem sido sob demanda, a alternativa mais viável para quem está descobrindo os caminhos da área editorial. “Rodei 50 livros para atender os leitores que já haviam feito pagamento antecipado. E agora estou terminando de vender outros  200 exemplares para atender ao público que já acompanha o Guardador no universo virtual”, detalha a jornalista.

 

 

 

Deixe uma resposta