Prefeitos da Amepar cobram Richa

22 prefeitos da Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (Amepar) participam de uma audiência na quarta-feira com o governador Beto Richa. Audiência, diga-se, que vinha sendo pedida há quase uma eternidade.

A pauta é extensa. Os prefeitos querem a duplicação da PR 445, entre Londrina e Mauá da Serra e da PR 170, que liga Rolândia a Porecatu; recuperação do quadro de funcionários do Hospital da Zona Norte de Londrina, construção imediata do Hospital da Zona Oeste; reforço no número de policiais e melhores equipamentos para o batalhão de Rolàndia, que atende boa parte dos municípios da Amepar; Integrar o Transporte Metropolitano; melhoria no repasse para o transporte escolar, etc, etc.

Segundo o presidente da Amepar, Luiz Nicácio (prefeito de Centenário do Sul), é preciso que o governo Richa passe a dar tratamento igualitário com as demais regiões.”No caso do transporte escolar, por exemplo, os municípios não são obrigados a transportar os alunos das escolas estaduais, mas o fazem. Recebemos bem menos por isso do que municípios da região sul. Temos muitas demandas que precisam ser atendidas pelo governo”, disse Nicácio.

 

0 thoughts on “Prefeitos da Amepar cobram Richa

  • 11/08/2015, 10:33 em 10:33
    Permalink

    Vai ser difícil… O governador não está liberando nem gasolina pras viaturas.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: