Presidenciável do partido NOVO, João Amoêdo vem a Londrina

O presidenciável João Amoêdo, pré-candidato do partido NOVO, confirmou sua vinda à cidade. Ele participa de um evento em que vai discutir a renovação da política brasileira, da necessidade de modernizar o Estado, acabar com os privilégios e colocar o cidadão como protagonista dessa mudança. O encontro será em um almoço no buffet Elite, onde participam por adesão lideranças políticas e empresariais locais e simpatizantes das ideias liberais. Em seguida ele concede uma entrevista coletiva.

O NOVO é o partido que mais cresce no país e o mais influente das redes sociais. Além da Presidência, lançará candidatos a deputado federal e senadores em 18 estados mais o Distrito Federal. Além disso, colocou como objetivo disputar o governo de São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

6 comentários em “Presidenciável do partido NOVO, João Amoêdo vem a Londrina

  • 29/03/2018, 17:02 em 17:02
    Permalink

     
    Em outras circunstâncias eu votaria nele, sem dúvida. Ele e seu partido estão para a política brasileira o que as empresas privadas, que são massacradas por pelos nossos tributos, licenças, alvarás e justiça do trabalho, estão para as estatais e seus cabides de empregos, com montes e montes de gerências, diretorias e coordenadorias de nada que só servem pra pagar adicionais, ineficiência e morosidade. Se fosse para votar no melhor candidato, seria nele.

    Mas, 2018 não será um ano qualquer. Os lados com chances reais de ganhar são a dinastia tucana, provavelmente com o Alckmin, a seita vermelha, com o Lula ou um de seus potenciais apóstolos como o Haddad ou o Ciro, se o próprio Messias Vermelho não puder concorrer – o que eu acho improvável, imagino que o Supremo irá conceder um Habeas Corpus para mantê-lo fora da cadeia e uma liminar para poder disputar as eleições. A terceira via será o Bolsonaro, em quem pretendo votar. Não por ser o melhor, mas apenas por ser o menos pior entre os candidatos viáveis em minha opinião pessoal, claro.

    Resposta
    • 01/04/2018, 14:27 em 14:27
      Permalink

      Lacertile, atribuir a Lula e epíteto “Messias Vermelho” é um completo disparate. Lula, quando presidente, foi grande incentivador das empresas nacionais. No governo Lula foi assinado o estatuto da microempresa, redigido com a colaboração do Hauly, relator da proposta. Lula passou longe de qualquer governo considerado “vermelho” pelos neofascistas brasileiros. Lula foi um presidente democrático como nenhum foi depois da ditadura militar. Aliás, existem muitos imbecis (outros por má-fé mesmo) que taxam a reforma agrária defendida pelo PT como proposta tipicamente comunista. Esses imbecis deveriam estudar o capitalismo americano e aprender que a reforma agrária (Homestead Act) foi uma das ações do governo Lincoln que mais incrementaram o mercado interno do país. Lacertile, graças à imbecilidade dos conservadores brasileiros, o capitalismo brasileiro está na questão agrária mais de 100 anos atrasados em relação aos Estados Unidos já que a lei da reforma agrária americana foi assinada por Lincoln em 1862. Lacertile, não adianta parecer saber sabichão, tem que estudar pra ser sabichão e não ficar escrevendo sandices por conta de escolhas eleitorais.

      Resposta
      • 01/04/2018, 14:30 em 14:30
        Permalink

        Uma última coisinha, Lacertile. Você sabe qual era a base ideológica do Homestead Act? Pequena propriedade e mão de obra familiar! Sabe quem defende isso hoje no Brasil? O MST, espertão!

        Resposta
  • 01/04/2018, 13:57 em 13:57
    Permalink

    Esse banqueiro pensa que é o francês Emmanuel Macron. Quá! Quá! Quá! Quem gosta de banqueiro que vote nele.

    Resposta
  • 02/04/2018, 15:43 em 15:43
    Permalink

    Vai por mim mais um engodo!!!!!!!!!!!!!!!

    Resposta
  • Pingback:Presidenciável do partido NOVO, João Amoêdo vem a Londrina - Inove Comunicação Integrada

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: