Que bonitinho: Auditores queriam “puxar o saco” de políticos

O delator Luiz Antônio de Souza prestou depoimento ao Gaeco, e afirmou que os auditores fiscais faziam doações ao Provopar e a campanhas eleitorais, para ter influência política e fazer média com os detentores do poder. Na semana passada foi apreendida na casa do ex-inspetor geral de fiscalização da Receita, tiras de papel com números de contas bancárias que supostamente seriam da campanha do governador Beto Richa e Provopar. No caso, o Sindafep, sindicato que representa os auditores, teria orientado a doação de mil reais (de cada auditor) para o órgão. E no caso das doações as campanhas, os auditores, contribuíam com R$ 100 por mês a uma associação e na época de eleições a entidade devolvia o dinheiro para que eles doassem a qualquer candidato.

0 thoughts on “Que bonitinho: Auditores queriam “puxar o saco” de políticos

  • 23/06/2015, 18:50 em 18:50
    Permalink

    Ta bom !!! , só fazer média, era esquema dos amigos do Beto inclusive o piloto , para arrecadar dinheiro para campanha

    Resposta
  • 23/06/2015, 19:23 em 19:23
    Permalink

    E o delator, com essa versão light, está realmente fazendo média…

    Resposta
  • 23/06/2015, 20:31 em 20:31
    Permalink

    Será que o delator vai dizer que pagou as divisórias para fazer uma média com o dono do imóvel que o alugou para o comitê do governador?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: