O deputado Plauto Miró Guimarães, um dos citados na Operação Quadro Negro, contratou o advogado Figueiredo Basto, precursor e especialista na aplicação da lei que regulamentou a delação premiada no país. Tem clientes importantes acusados na Lava Jato e conduzido com êxito a maioria das causas em que a estratégia da delação é indispensável para obter benefícios para eles.

Não há indícios, porém, de que Plauto esteja disposto a fazer delação, mas, segundo revelou Figueiredo Basto a uma fonte confiável do Contraponto, o advogado não está disposto a ver se repetir com o deputado o que ocorreu com outro cliente seu – o ex-vereador João Cláudio Derosso.

Puxando pela memória, qualquer um pode se lembrar que Derosso foi claramente abandonado pelos amigos na hora que mais precisava. Foi expulso do PSDB e cassado em seguida. Todos saíram de fininho como se não tivessem se aproveitado dos “bons serviços prestados” por Derosso. Figueiredo Basto já teria dito uma frase fatal:

“No caso do Plauto, não esperem a minha complacência.”

One thought on “Que medo: Deputado Plauto Miró contrata advogado especialista em delações

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: