Reforma, para refletir

Por Walace Soares

Na verdade não é uma reforma administrativa, é uma maneira de utilizar grande parte dos servidores públicos como demônios da Sociedade e manter os privilégios da elite que ganha acima do teto.

Um professor com doutorado no executivo ganha 10.000,00 um técnico do judiciário entra ganhando 12.000,00. Agora se formos para o topo da pirâmide tem juiz que ganha 100.000,00 e 60 dias de férias, fora os privilégios. Só para refletir.

Deixe uma resposta