Resumão da live do prefeito Marcelo Belinati

Resumão da live do prefeito Marcelo Belinati:

  • Confirmado a reabertura do comércio a partir da segunda-feira – horário diferenciado das 10 às 16 horas – de segunda à sexta. Empresas terão que respeitar todas as normas de segurança possíveis para evitar a proliferação do coronavirus;
  • Bares e restaurantes terão que respeitar uma distância entre os clientes e funcionar com 50% da capacidade;
  • Escolas permanecem fechadas;
  • Academias e Shoppings continuarão fechados para respeitar o decreto do governo do Estado do Paraná;
  • Prefeitura avaliará, semana a semana, o comportamento da pandemia na cidade para a tomada de decisões;
  • A cidade tem 279 leitos de UTI – hospitais públicos e privados – e o número deve crescer com o Hospital de Campanha;
  • A cidade dispõe de 500 respiradores artificiais.

6 thoughts on “Resumão da live do prefeito Marcelo Belinati

  • 17/04/2020, 19:39 em 19:39
    Permalink

    Pessoas conscientes e preocupadas com a sua vida e a do próximo só irão para o Centro da cidade fazer compras se for estritamente necessário. Pelo menos é isso que eu espero. Nada de “i” bater perna no centro só para escolher uma “brusinha, uma carça e uma chinela”. Se o brasileiro, ou melhor o povo de Londrina for consciente, abrir as lojas vai ser um tiro pela culatra para os comerciantes, pois vão abrir e ter custos e não vai ter cliente nenhum entrando na loja.

    Resposta
  • 17/04/2020, 20:02 em 20:02
    Permalink

    Resuminho: o prefeito aderiu à proposta do Bolsonaro e fez seu agrado à Acil, Sociedade Rural, o sindicato dos bares, restaurantes e inferninhos de Londrina além de outros grupelhos patronais e/ou bolsonaristas. O prefeito já pode ir visitar seu amigo no Alvorada e ficar sossegado na prefeitura. Aqueles velhotes com suas motos 1.000 cc e os bacanas em seus carrões não farão mais buzinaço perto do gabinete do prefeito, eles voltam pra quarentena, eles podem.

    Resposta
    • 17/04/2020, 23:20 em 23:20
      Permalink

      Concordo. E acrescento, uma vergonha comparar Londrina com RORAIMA. Além disso, precisa combinar direito com o Sinduscon, pois varias vezes o prefeito diz q o horário diferenciado é em razão da construção civil utilizar o transporte público cedo. Já o Sinduscon justificou o retorno das atividades dizendo que os funcionário das construção não usam o transporte público.

      Resposta
  • 18/04/2020, 12:11 em 12:11
    Permalink

    Estudos demonstram que para cada morte confirmada outras 4 são subnotificadas segundo o grupo COVID19. Londrina irá explodir em mortes devido a ganância de empresarios. Vai faltar covas nós cemitérios que estão no limite. Corpos serão mantidos em carretas frigoríficas. Os hospitais não tem capacidade de atendimento precisa de hospitais de Campanha já que a cidade é um polo regional. Abertura do comércio carnificina anunciada. Quem sobreviver verá. Deus abençoe a América.🙏

    Resposta
  • 21/04/2020, 09:32 em 09:32
    Permalink

    Nós temos que nos preparar para coisa pior que está por vir. Este vírus foi só um teste. Teste para saber se a população aceita lei marcial, se aceita se vigiada permanente, se aceita restrições impositivas.
    E tem gente aceitando e implorando para que outros aceitem também.

    279 leitos de uti. Nem 5% ocupados.
    h1n1 em 2009 muito mais gente padeceu deste vírus. Alguém fechou comércio ou indústria? Prefeituras ou órgãos públicos?

    Claro o comerciante precisa vender. o funcionário precisa trabalhar pra ter seu salário no final do mês. a família precisa de insumos para viver ou sobreviver. Ah, claro,delivery. E quem não tem dinheiro?
    Quem pode ganhar dinheiro com home Office, oh beleza. E o pedreiro, encantador , manicure , cabeleireira , empregadas (os) domésticos, jardineiros, enfim muita profissão depende do serviço presencial.
    Aposto que tem muito bacana que tá com empregada ou babá em casa. Sabe pq? pq as madames, muitas delas se quer sabe cozinhar ou lavar um prato, muito menos limpar uma casa.

    preparem-se, uma coisa muito pior do que este ” vírus ” mortal está por vir. E não é ditadura de Bolsonaro ou do Maia ou Alcolumbre.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: