Robô Rosie vigia gastos de parlamentares brasileiros. Alguns já estão devolvendo dinheiro

Olha que bacana. Um grupo de oito jovens criou um robô, batizada de Rosie – a empregada robô do desenho animado Os Jetsons – que monitora os gastos dos parlamentares. Rosie, através de um banco de dados, avalia se a despesa do parlamentar é justa ou foi alguma miguelagem.

Em apenas três meses trabalhando, Rosie  descobriu mais de 3.500 casos suspeitos envolvendo o uso da cota parlamentar por deputados federais desde 2011.

Rosie já encontrou, por exemplo, um pedido de reembolso de cervejas compradas por um deputado em um restaurante nos Estados Unidos, mesmo sendo proibido usar dinheiro público para comprar bebida alcoólica.

O primeiro caso de devolução após as denúncias do grupo foi do deputado federal Celso Maldaner (PMDB-SC) que teve que devolver 727,78 reais, referentes a 13 refeições feitas no mesmo dia e pagas com dinheiro público. Segundo a assessoria, o motorista do deputado cometeu um equívoco por ter colocado as notas no nome do político.

Comprovante que mostra compra de cinco cervejas em restaurante na Califórnia.
Comprovante que mostra compra de cinco cervejas em restaurante na Califórnia. REPRODUÇÃO
 Uma devolução partiu também do deputado Odelmo Leão (PP -MG), eleito prefeito de Uberlândia. Ele gastou 190,05 reais da cota parlamentar (ajuda de custo dada aos políticos que tem de ser justificadas com notas fiscais) com o envio de correspondência da sua campanha eleitoral à prefeitura. Após a denúncia, o deputado teve que pagar ao Fundo Rotativo da Câmara dos Deputados o valor gasto de forma ilegal, já que não são permitidos gastos de caráter eleitoral com dinheiro público. (leia mais)

Deixe uma resposta