Sistema de iluminação poderia custar R$ 180 milhões

A partir do ano que vem, a Sercomtel começa a cuidar do sistema de iluminação pública de Londrina. A municipalização do serviço é uma exigência da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A previsão é que sejam instaladas lâmpadas de LED. A modernização do sistema começa no segundo semestre de 2015 e o serviço poderia custar R$ 180 milhões. O presidente da Sercomtel, Christian Schneider, explicou que a defasagem na taxa de iluminação pública é de 89%%, pelo contribuinte. Em dois ou três anos o município, segundo ele, teria que discutir a correção  da taxa. Atualmente são 60 mil pontos de luz – a instalação das lâmpadas de LED, custa entre R$ 2,5 mil e R$ 3 mil  por ponto de luz – para todos os pontos de luz da cidade o serviço custaria entre R$ 150 milhões e R$ 180 milhões.

2 comentários em “Sistema de iluminação poderia custar R$ 180 milhões

  • 14/11/2014, 20:16 em 20:16
    Permalink

    Esse governo do Kireeff tá mesmo a fim de ferrar o londrinense. O prefeito quer aumentar o IPTU pra corrigir a defasagem dos salários dos funcionários municipais. Seu capataz agora vem com essa conversinha mole que existe uma defasagem de 89% na taxa de iluminação pública. Quer dizer: a Sercomtel nem assumiu o serviço e já está querendo ganhar mais. É por isso que continuo dizendo: o serviço na iluminação pública só pra empresa vencedora de licitação. Ou então a prefeitura que faça o serviço. É impossível que a administração municipal seja tão lesada que não tenha nem capacidade de trocar lâmpadas queimadas ou por led!!!

    Resposta
  • 17/11/2014, 13:32 em 13:32
    Permalink

    Esse pessoal tá de brincadeira, quando foi para aprovar a Lei, o discurso do presidente da Sercomtel era de que nao seria alterada a taxa. Agora que ele viu que a arrecadação não será suficiente?? Vereadores, com o devido respeito fomos enganados, acredito que deva ser questionado essa nova postura da Sercomtel, agora que aprovou a verdade veio a baila. É uma vergonha!!!!!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: