Terra da coca quer aumentar a produção

Coluna Esplanada – Leandro Mazzini

A Assembleia Geral da Bolívia começa hoje a votar o Projeto de Lei Geral da Coca, nº 1637, enviado pelo presidente Evo Morales. Entre os parágrafos, a autorização para oficializar mais 10 mil hectares de plantação de folha de coca no País.

Projeto oculto

A lei permite aos cocaleros negociarem a coca “em seu estado natural”, com fins de “produtos medicinais, cosméticos e alimentícios”. Mas a oposição grita: a produção beneficia narcotraficantes e fortalece o tráfico de cocaína — inclusive para o Brasil.

Alerta dado

Em outubro de 2013, em entrevista exclusiva à Coluna, o ex-presidente boliviano Tuto Quiroga e seu ex-ministro da Justiça Luiz Vásquez revelaram que 80% da cocaína da Bolívia passam pelo Brasil como rota internacional e rendem US$ 12 bilhões/ano.

 

 

Deixe uma resposta