6 comentários em “Vereador critica “lobotomização” de estudantes e prega a escola sem partidos

  • 12/01/2017, 11:12 em 11:12
    Permalink

    Essa balela de escola sem partido é uma bobagem. Qualquer imbecil sabe que uma escola será partidária se ela for controlada por algum partido. Obviamente não é o caso da escola pública. A escola pública nunca pertencerá a um partido, nem de direita nem de esquerda nem de centro. A escola pública reflete a diversidade ideológica da sociedade. Pelo trololó do vereador, quem tem intenção de construir uma “escola com partido” é a direita já que ele admite que a direita está crescendo no meio estudantil. Se está crescendo é porque existe e está articulada para crescer, porque está “lobotimizando” estudantes ingênuos como há anos a TFP fazia e hoje quem faz é a Opus Dei. Inclusive em Londrina. Mas esse negócio de escola sem partido é uma sandice…

    Resposta
    • 12/01/2017, 15:28 em 15:28
      Permalink

      Vdd … A escola publica não é panfletaria ne.. Nao USA os estudantes para suas greves e protestos.
      Obvio que não é a escola como um todo, mas em todas elas existe quase um diretório do psol plantando batatas na cabeça dos alunos

      Resposta
  • 12/01/2017, 11:48 em 11:48
    Permalink

    Estudou no Marista portanto tem visão católica e aprendeu a ser direita. Viu Escola com partido.

    Resposta
  • 12/01/2017, 12:05 em 12:05
    Permalink

    Esse caboclo é pior que o Boca ABERTA. UM MALA.

    Resposta
  • 12/01/2017, 12:54 em 12:54
    Permalink

    Idiotização e pagar quase 15 paus e mais um bando de aspone para vc seu idiota, vá trabalhar e mostre resultados.

    Resposta
  • 13/01/2017, 10:07 em 10:07
    Permalink

    Esse vereador deveria saber que a esquerda brasileira é mais capitalista que a direita. Esta defende as relações comerciais existentes na Idade Média ou no período da escravatura no Brasil.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: