João Arruda: MDB já vai trabalhar para 2020

O quase ex-deputado federal João Arruda, MDB, que disputou o governo do Paraná, é o novo presidente do Partido no Estado. A eleição, chapa única, aconteceu no sábado.

Segundo a assessoria do MDB,  o novo diretório reúne novas lideranças e líderes históricos do partido, como o senador Roberto Requião e todos os demais ex-presidentes:  Nivaldo Kruger, Milton Buabssi, Dobrandino da Silva, Renato Adur e Waldyr Pugliesi. A chapa de consenso conta com os deputados federais Hermes Parcianello e Sergio Souza, os deputados estaduais Anibelli Neto, Nereu Moura e Requião Filho, prefeitos, ex-prefeitos e vereadores de todo o Estado. (mais…)

, , , , ,

O PT, Requião, Osmar Dias e as nuvens do céu

Já dizia o sábio – talvez nem tão sábio assim – que a política é igual nuvem: você olha para o céu e ela está de um jeito; segundos depois olha de novo e tudo mudou.

Bom, ontem Roberto Requião de Mello e Silva, o senador do MDB, disparou que não há mais possibilidade de acordo para que o MDB e o PDT de Osmar Dias caminhem juntos nesta eleição. (mais…)

, , , , ,

Osmar Dias, e a guerrilha na internet

O deputado federal Luiz Carlos Hauly diz que campanhas eleitorais são importantes porque depuram a alma. Não fica pedra sobre pedra.

Pois é.

Osmar Dias, (ainda no PDT), pré-candidato a governador do Paraná, já começou a entender bem sobre o significado da frase do seu ex-companheiro de partido.

Nas últimas semanas ele tem sido alvo de intenso tiroteio na mídia, em especial nas redes sociais, sobre sua ligação com o PT.

Ele sempre é explorado com aquela tradicional foto, entre Lula e Dilma. Todos levantando as mãos em sinal de vitória. Em outros ele aparece sempre com a polêmica senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT.

No facebook até criaram um perfil só para relembrar estes momentos Osmar/PT. Chama-se Dias Piores para o Paraná.

A ação, óbvia, é planejada e acredito, não de graça.

Quem seriam os financiadores?

Façam suas apostas.

, , , , , , , , , , , , , ,

O vice João Mendonça e suas escolhas na Prefeitura

Marcelo Belinati e o vice João Mendonça

Quando a gente fala que esta gestão da prefeitura de Londrina adora um enguiço pra sair mal na fita, o povo acha que é pegação no pé.

Mas, vejamos.

Hoje um dos principais homens do vice-prefeito João Mendonça (MDB) na prefeitura é o servidor Renato Mariano que trabalha na Secretaria de Agricultura. Na internet é fácil encontrar fotos de Mendonça, Mariano e o Senador Requião juntos, sorridentes.  (mais…)

, , , ,

Requião, que tem carro do Senado e motorista particular, quer acabar com o Uber

O Antagonista

Roberto Requião quer acabar com o Uber e demais aplicativos de mobilidade urbana, mas não abre mão de seu carro oficial com motorista. O Ranking dos Políticos, plataforma que acompanha o desempenho dos parlamentares, levantou que Requião gastou mais de R$ 128 mil, entre janeiro e outubro, com aluguel de carros, gasolina e motorista particular. É quase R$ 13 mil por semana. Baixa o Uber, senador. Sai mais barato.

, , ,

Sem prestígio: Ninguém dá bola para Requião

Do Fábio Campana
Está dificil a vida política do senador Requião. De figura referencial passou a periférica e acumula vexames. Anunciou mega reunião em Dois Vizinhos, apareceram 18 gatos pingados. Agora, nem as rádios do interior se interessam por uma entrevista dele. Requião reclama, passa recibo, fica estomagado com o que chama de pouco caso por ele. Aí vai uma queixa contra a rádio de Cornélio Procópio. O Ipsis Literis, os erros ortográficos e gramaticais ~sao do autor,
Roberto Requião‏Conta verificada @requiaopmdb 2 hHá 2 horas
Minha acessoria combinou entrevista na 104 fm, de Cornélio, hoje 8:20. Não atenderam nem o tel fixo , nem celular. Obrigado Gildo Alves.
, , , , , , ,

Juventude do PMDB pede expulsão de Requião e Kátia Abreu

EXCELENTÍSSIMO SENHOR SENADOR ROMERO JUCÁ – PRESIDENTE DA COMISSÃO EXECUTIVA NACIONAL DO PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO – PMDB

A Comissão Executiva Nacional da Juventude do Partido do Movimento Democrático Brasileiro – JPMDB Nacional, após deliberação da maioria absoluta de seus membros, nos termos dos Artigos 7º, 10 e 11 do Estatuto, bem como, dos Artigos 12, 13 e 20 do Código de Ética do PMDB, PROPÕE REPRESENTAÇÃO POR VIOLAÇÃO AOS PRECEITOS ÉTICOS E DISCIPLINARES DA LEGENDA, COM PEDIDO DE EXPULSÃO DO PARTIDO, CONTRA O SENADOR ROBERTO REQUIÃO DE MELLO E SILVA (PR) E A SENADORA KÁTIA REGINA DE ABREU (TO). (mais…)

, , ,

João Arruda racha família Requião

Grandes amigos, hoje um tanto estremecidos

do Fabio Campana

Em entrevista ao npdiario.com, o deputado João Arruda (PMDB) expôs o atual racha na família do senador Roberto Requião (PMDB). Arruda é sobrinho de Requião, mas vai disputar o comando do diretório do partido em Curitiba contra o indicado pelo senador. “Eu me chamo João Arruda! Política é coisa séria. Na última eleição não pedi nem gravação de apoio para o Requião”, afirmou referindo-se ao seu tio. (mais…)

, , , ,

O primeiro enrosco de Greca em Curitiba

Do Zé Beto

Apareceu o primeiro enrosco de um integrante do primeiro escalão da equipe do prefeito Rafael Greca. O repórter Ricardo Sabbag informa na Gazeta do Povo que Mauricio Appel, presidente da Fundação Cultural de Curitiba, “foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por dano ao erário público, multado em R$ 42 mil e obrigado a devolver os valores originais de mais de R$ 250 mil, frutos de captação via lei de incentivo à cultura do projeto de produção do CD “Serro Azul”, trilha sonora do filme “O Preço da Paz”, realizado por ele em 2003″. Appel disse que a condenação, de 2014, não o impede de exercer o cargo e que ainda cabe recurso ao STF. Confira a reportagem aqui.

, , , , , , , , , , , , , ,

Dois deputados de Londrina entre os cabeças do Congresso

O Deputado Federal  Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) foi novamente apontado pelo DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar  – como um dos “Cabeças do Congresso”.  Esta é a vigésima vez que Hauly aparece como destaque por sua atuação na Câmara Federal.  Ele só não apareceu na relação do Diap nos anos em que esteve licenciado do cargo para exercer a função de Secretário da Fazenda do Paraná.  Outros paranaenses que aparecem na lista do Diap: Senador Roberto Requião (12 vezes),  Senador Álvaro Dias (8) , Deputado Rubens Bueno (8), Ricardo Barros (8), Senadora Gleisi  Hoffmann (3) e o deputado Alex Canziani (2 vezes). (mais…)

, , , , , , , ,

Convenção do PMDB promete muitas emoções em Londrina

Todo mundo já percebeu que a eleição em Londrina anda morna. Mas esta semana promete esquentar um pouco. É que haverá a convenção do PMDB na próxima quarta-feira e, ao contrário das demais convenções partidárias que têm sido tediosas, a dos pemedebistas terá bate chapa.

Um grupo quer a coligação com o PP de Marcelo Belinati, líder das pesquisas até o momento. Já o outro quer qualquer coisa menos coligar com o PP de Belinati. (mais…)

, , , , , , , , , , , , ,

Pemedebistas desunidos jamais serão vencidos: e a porrada no Doático Santos

11986314_756468491123766_2568839788187281139_nE o deputado Requião Filho (PMDB) se esgoelou na Assembleia criticando Doático Santos, ex-melhor amigo do paizão Requião de Mello e Silva, por ele estar, em horário de expediente, acompanhando o boneco Pixuleco na Boca Maldita e depois em frente a Polícia Federal, onde estão detidos alguns dos envolvidos na operação Lava a Jato.

Doático Santos é cargo comissionado da liderança do governo (veja aqui).

E o PMDB é aquele partido com sérios problemas de identidade, aliás, como tantos outros. Na esfera federal há os que apoiam caninamente o governo Dilma e os que o detonam.

No Paraná há os que apoiam caninamente o governo Richa e há os que o detonam.

, , , , , , ,

IPVA do Paraná será discutido no Supremo Tribunal Federal

Da Assessoria

glOs senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB), junto com os deputados federais Enio Verri (PT), Zeca Dirceu (PT) e Aliel Machado (PCdoB), e o deputado estadual Nereu Moura (PMDB), se reuniram na noite desta terça-feira (7) com o ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, para pedir apoio a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra o reajuste de 40% na alíquota do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no Paraná. Mello é o relator da matéria no STF.
A Ação foi ajuizada pelos diretórios nacionais do PT e do PCdoB no dia 24 de março. Os partidos pedem que seja declarada a inconstitucionalidade da lei que aumenta o IPVA tendo em vista que o governo Beto Richa (PSDB) alterou o fato gerador do imposto de 1º de janeiro para 1º de abril. O Paraná é o único Estado do Brasil onde o fato gerador do IPVA não é 1º de janeiro.   (mais…)

, , , ,

Hussein, o homem escalado para moer Requião

E o deputado estadual Hussein Bakri (PSC) é o cara escalado para moer o Senador Roberto Requião de Mello e Silva. Desde o início do ano ele já entrou em várias divididas com o Senador, em defesa do governo Richa. Na segunda-feira ele questionou sobre as denúncias referentes a fraudes em licitação de oficinas no período de de 2004 a 2010, época dos dois governos de Roberto Requião (PMDB). Segundo denúncia do Ministério Público, essas fraudes teriam levado uma ofic

foto do Bem Paraná

ina a vencer sete concorrências seguidas para manutenção de veículos oficiais, mesmo sem poder oferecer o serviço. Entre outras irregularidades, está ainda a falta de publicidade correta dos atos de licitação.
O MP calcula o prejuízo na época em R$ 16,2 milhões. Corrigido, o valor chega a mais de R$ 20 milhões perdidos pelos cofres públicos . “Foi um caso muito grave, vinte vezes mais grave que o atual! Qual foi o resultado dessas denúncias?”, questionou Bakri. “Deu CPI, deu prisões?”.
Entre os investigados está a ex-secretária da Administração, Maria Marta Lunardon. De acordo com a investigação, há 27 envolvidos, entre eles o próprio governo do estado, um delegado, cinco policiais militares, funcionários do Departamento do Transporte Oficial (Deto). Na época, ninguém foi preso.

, , ,

Osmar Dias ministro? Veja bem…

Mudanças no ministério da presidente Dilma devem ocorrer, obviamente. As apostas são de que o paranaense Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, dance desta vez. Bernardo está no primeiro escalão desde o primeiro governo de Lula.

Há também apostas de que o ex-senador Osmar Dias (PDT) assuma o ministério da Agricultura.

Mas será?

Há quem faça a seguinte conjectura – adoro esse termo, conjectura: Assumindo o ministério da Agricultura, Osmar Dias passará os próximos anos  sendo o porta-voz de boas notícias. É sempre bom lembrar que a agricultura brasileira tem crescido e se fortalecido. Além disso, terá a desculpa para visitar todas as feiras agropecuárias do Paraná, fortalecer laços etc. Traduzindo: torna-se um candidato fortíssimo para a disputa do Senado.

Daqui a quatro anos duas vagas estarão em disputa. Devem concorrer os atuais senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB). Outros dois devem entrar na disputa: Beto Richa (PSDB) e Osmar Dias (PDT). Além de outros que podem querer a boquinha.

Os atuais senadores vão querer fortalecer Osmar?

Difícil, heim.

, , , , , ,