A Sercomtel e a indiferença

Por Gabriel Antunes

A questão já não é mais se a Sercomtel deve ou não ser privatizada, simplesmente fechada ou qualquer coisa incerta e desconhecida que queiram o atual presidente da empresa, Claudio Tedeschi, e o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati.

Já estão desacreditadas as muitas promessas – sempre politiqueiras – que foram feitas no passado recente, que a Sercomtel era importante para o Município, que todo o esforço seria realizado para manter a empresa ativa e que os funcionários estariam a salvo.

É preciso admitir, porque não é novidade para ninguém, empresas são abertas e fechadas todos os dias, algumas chegam e outras saem de Londrina. A atividade empresarial é flutuante.

No entanto, é extremamente constrangedor, indelicado e infeliz o tratamento que os funcionários da Sercomtel estão recebendo. E não se está falando dos cabides de empregos em nível de Diretoria. Fala-se dos mais de 500 funcionários diretos que literalmente dedicaram suas vidas à empresa.

Funcionários que têm família, cônjuge, filhos, dependentes economicamente e que depositam diariamente em Londrina o salário que recebem, adquirindo e pagando por bens e serviços, em benefício a toda cidade, visto que matriculam seus filhos da escola até a universidade, que consumem do comércio local, que compram, vendem e vivem em Londrina.

Para que se tenha ideia do desprezo, o atual presidente da Sercomtel até hoje não visitou os funcionários que trabalham na empresa, não sabe chegar aos diversos setores e pode ser que se perca nos ambientes. Quer dizer, se não fossem as entrevistas em jornais, nenhum funcionário saberia identificar o presidente da empresa!

Tratar as pessoas com dignidade e o devido respeito não é um tipo de atitude pelo que se recebe remuneração. Respeitar e honrar as pessoas, especialmente as hierarquicamente inferiores, é premissa de todo bom gestor. E tanto faz se gestor municipal ou empresarial.

Os Vereadores de Londrina poderão responder no dia 23 de maio uma boa pergunta: estão do lado dos mais de 500 funcionários da Sercomtel e seus familiares ou do lado da politicagem?

Gabriel Antunes é advogado e ex-integrante do Conselho de Usuários da Sercomtel

 

27 comentários em “A Sercomtel e a indiferença

  • 22/05/2019, 21:33 em 21:33
    Permalink

    Parabéns pela excelente matéria.
    O Prefeito que teria por obrigação, ser o melhor representante, ao menos amenizar a sujeira que sua família iniciou e na verdade está dando sequência…

    Resposta
  • 22/05/2019, 22:21 em 22:21
    Permalink

    Belo texto! Prefeito e seus Diretores estão mentindo desde quando iniciou o processo de caducidade. Marcelo está cercado de politiqueiros como ele também é. Mentem o tempo todo que estão preocupados, mas não estão nem aí. Marcelo terá na oposição mais de 1000 famílias para acabar com ele na próxima eleição e em todas as demais que ele ousar a disputar. Diretores estão acumulando funções para que eles continuem na teta na hora que a Telecom fechar ou uma empresa privada conhecer a incompetência deles. Empresa quebrada pagando mais de 27 mil reais para afilhados políticos. Isso é pra acabar de vez. Uma vergonha. Resumindo: quero que todos esses incompetentes, inclusive o prefeitinho, um dia paguem por quebrar a Sercomtel e se omitirem em relação às soluções apresentadas. Estão acabando com o ganha pão de mais de 1000 famílias. Seus incompetentes!

    Resposta
  • 22/05/2019, 22:54 em 22:54
    Permalink

    Acho que um mapinha colorido ia ajudar e muito para visitar os diversos setores da empresa na compamhia do Zoio que conhece como ninguem os corredores e tuneis da empresa.

    Resposta
  • 23/05/2019, 09:06 em 09:06
    Permalink

    OS FUNCIONÁRIOS ESTÃO ESTARRECIDOS COM TANTOS DESMANDOS DAS PRESIDÊNCIAS E DAS DIRETORIAS QUE PASSARAM POR AQUI, E QUE AINDA ESTÃO, SEM SABER O QUE FAZER. A ALTA DIREÇÃO NÃO FAZ O QUE PRECISA E FAZ O QUE NÃO PODE, A EXEMPLO DE DEMISSÕES SEM MOTIVO QUE ESTÃO GERANDO PASSIVO TRABALHISTA E REINTEGRAÇÕES, DETERMINADAS PELA JUSTIÇA, FALTA DE AÇÕES COMERCIAIS QUE GERARAM E GERAM PERDA DE CLIENTES, INVESTIMENTOS EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS ULTRAPASSADOS E INÓCUOS. O FUNCIONÁRIO PODE DENUNCIAR… MAS PRA QUEM? CÂMARA DE VEREADORES? PREFEITO? DEPUTADO? ESSES ESTÃO TODOS SABENDO E NADA FAZENDO, ALIÁS ESTÃO FAZENDO SIM… FAZENDO PRA VENDER, PRA NÃO DIZER DOAR UM PATRIMÔNIO PÚBLICO PARA A INICIATIVA PRIVADA, A PREÇO DE BANANA… AH, MAS NÃO TEM DINHEIRO, TEM MUITA CONCORRÊNCIA, TEM ANATEL, TEM ROUBO DE CABOS, TEM, TEM, TEM FATURAMENTO E CLIENTES TAMBÉM , NINGUÉM PENSOU NISSO?????, MINISTÉRIO PÚBLICO OU GAECO, ESSES DEVERIAM LER AS NOTÍCIAS, VERIFICAR AS DENÚNCIAS QUE ESTÃO FEITAS NO SITE DELES E TOMAR PROVIDÊNCIAS. TEREMOS UMA “PETROBRÁS” DE PREJUÍZO, AQUI EM LONDRINA E REGIÃO, POIS ESSA EMPRESA PODERIA OU DEVERIA SER TRATADA COM RESPEITO E PROFISSIONALISMO PELOS LEGISLADORES E DEMAIS.

    Resposta
  • 23/05/2019, 10:28 em 10:28
    Permalink

    Duas inquisições contra advogados da casa. Quer apoio de quem?

    Resposta
  • 23/05/2019, 11:20 em 11:20
    Permalink

    Realmente , tá vergonhoso de ver tamanho descaso, não só na Telecom, mas também em suas ramificações, ou melhor , em todo o grupo, é nítido que não há preocupação nenhuma com os funcionários, no alto escalão é cada um pensando somente em livrar o seu($) no início do mês, cada um olhando somente o próprio umbigo e o restante que se exploda!!!
    Triste saber que conseguiram desta forma colocar um ponto final em uma empresa como a Sercomtel!!!

    Resposta
  • 23/05/2019, 11:42 em 11:42
    Permalink

    Belo texto, queria deixar aqui minha indignação. O problema da Sercomtel é e sempre foi falta de vontade politica!
    O que você me diria de um dono de restaurante por exemplo que todos os dias ele e sua família vão comer no restaurante da concorrência?
    Pois bem, é exatamente isso que o governo do estado faz com a Sercomtel, temos uma parceria com a Copel que tem fibra óptica em todo Estado do PR, porque não passar todas as prefeituras, hospitais públicos, escolas etc. para a carteira de clientes da Sercomtel?
    Falta criar uma lei que permita o estado se utilizar de sua estatal para fornecer serviços de voz e internet ao setor publico do estado sem burocracias.
    Fazendo isso tiraria a empresa do buraco e economizaria um monte aos cofres do governo e o dinheiro ficaria no Estado.

    Resposta
  • 23/05/2019, 13:12 em 13:12
    Permalink

    RESOLUÇÃO Nº 045//2019
    O DIRETOR PRESIDENTE E DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES DA SERCOMTEL S.A. – TELECOMUNICAÇÕES, sociedade de
    Considerando o teor da Ata de REDIR n º 986 de 02/05/2019, que deliberou a nomeação da função gratificada da empregada abaixo;
    • Considerando a natureza jurídica da Sercomtel, sociedade de economia mista, integrante da administração pública;
    • Considerando o poder/dever de apuração que recai sobre o Administrador Público, nos termos previstos na legislação vigente, bem como o de adotar e promover as medidas necessárias à conformidade e integridade dos processos e atividades empresariais, em observância
    às regras de governança da Companhia;
    • Considerando a necessidade de se aferir a efetividade dos procedimentos de controle e respeito às normas internas;
    • Considerando deliberação ocorrida na 986ª (Nongentésima Octogésima Sexta) Reunião de Diretoria – Redir, do dia 02/05/2019;
    1. Instaurar Comissão de Sindicância para apurar os fatos relatados na letra “b” do item 4.8 da ata da 986ª Reunião de Diretoria – Redir (anexo I);
    2. A Comissão deverá verificar se houve o descumprimento de leis, políticas, normas e procedimentos da Companhia ou qualquer outra infração às disposições contidas no Código de Conduta Profissional do Grupo Sercomtel;
    3. Nomear os empregados Sebastião Custódio Alves Junior – Re 2093, Rosemeire Martins Bocalete – Re 2196 e Angela Cristina L. Rodrigues – Re 1574, para sob a presidência o primeiro, compor a Comissão de Sindicância, a qual gozará de todas as prerrogativas necessárias à apuração dos fatos, conforme procedimentos estabelecidos em norma própria (ST-PN-0061);
    4. Determinar que a Coordenadoria de Gestão de Riscos e Compliance (GRC), nos termos das atribuições que lhes são conferidas pela Lei 13303/2016 e no Estatuto Social da Sercomtel, verifique o cumprimento desta Resolução, mediante o acompanhamento dos trabalhos da Comissão, resguardando-se o sigilo e a necessária independência da mesma;
    5. O não cumprimento das disposições contidas nesta Resolução ensejará aos responsáveis em responder pela não observância dos itens 6.17 e 6.18 do Código de Conduta Profissional da Sercomtel;
    6. Esta Resolução entra em vigor na data da sua publicação.
    Londrina, 07 de Maio de 2019 –
    CLÁUDIO TEDESCHI – Diretor Presidente e de Relações com Investidores.

    Resposta
  • 23/05/2019, 13:14 em 13:14
    Permalink

    E aí?

    RESOLUÇÃO Nº 047//2019
    O DIRETOR PRESIDENTE E DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES DA SERCOMTEL S.A. – TELECOMUNICAÇÕES, sociedade de
    Considerando o teor da Ata de REDIR n º 986 de 02/05/2019, que deliberou a nomeação da função gratificada da empregada abaixo;
    RESOLVE:
    1. Nomear os empregados, Sr. Renato Willyan Moratto, Sr. Carlos Sidney Lourenço e Sr. Claudir Sales de Lima, para sob a Presidência do primeiro, comporem a Comissão Especial de Licitação, com a finalidade de examinar e julgar as propostas comerciais e documentos de habilitação atinentes ao Edital de Concorrência nº 003/2019, oriundo do Processo Administrativo nº 026/2019, que tem por objeto a contratação de agência de propaganda e publicidade para prestação de serviços de criação, produção e veiculação de publicidade institucional, promocional, de vendas dos produtos e de serviços oferecidos pela Sercomtel, cuja data de entrega dos envelopes dar-se-á das 14h00min às 17h30min do dia 16 de julho de 2019.
    2. Revogar as disposições em contrário.
    Londrina, 10 de Maio de 2019 –
    CLÁUDIO TEDESCHI – Diretor Presidente e de Relações com Investidores.

    Resposta
  • 23/05/2019, 13:53 em 13:53
    Permalink

    Prefeito quando aparece no Sercomtel é tapinha nas costas de todo mundo ,papinho furado com funcionário , o velho tipo politiqueiro da velha politica . Em compensação o nobre diretor perde-se pelos corredores da empresa e como sempre quando vão ao DF na Anatel , estufam o peito como “Otoridades” vão sem acessoria técnica e falam merda pra complicar mais ainda a empresa …depois a noite é só curtir a linda Brasília em bons hotéis com gorda diária…

    Resposta
  • 23/05/2019, 14:54 em 14:54
    Permalink

    Quem disse q a presidência está capacitada para atender o desafio da caducidade e salvar a empresa?
    Os ultimos 30 anos foram de sucessivos fracassos em mais de 5 participações em empresas q quebraram.
    Quanto aos funcionários…muitos pdv com retorno atraves da justiça trabalhista ao custo de milhões de reais o q reduziu o caixa da Sercomtel, ajudando a chegar ao atual momento (passivo trabalhista de milhões de reais).
    Contratação de comissionados como assessores,conselheiros e diretores sem qualificação para o mercado de telefonia.
    A responsabilidade da Sercomtel, chegar a onde chegou e dos Prefeitos e Governadores
    na indicação dos seus apadrinhados políticos sem capacidade de enfretar um mercado,muito competitivo e dos funcionários q saíram (pdv) e voltaram atraves da justiça trabalhista o que reduziu o caixa e deixou um passivo trabalhista de milhões de reais.
    Está empresa até o ano de1992 foi pioneira em DDD, DDI,Telefonia Celular(foi a segunda cidade do Brasil) e Internet.
    A partir de 1993 mesmo com participação da Copel (1998) q comprou 45% do capital ela parou no tempo.
    Todos são responsáveis pelo fracasso, menos os Londrinenses q continuaram acreditando e prestigiando a Sercomtel.

    Resposta
  • 23/05/2019, 20:19 em 20:19
    Permalink

    Tenho visto muitos “londrinenses” que acham o máximo o governo federal ter vendido a Embraer (um cabide de empregos segundo eles) para os americanos e fazerem beicinho para a venda atrasada de uma empresa deficitária e completamente sem chances de sobrevivência num mercado competitivo e globalizado. Concordo que é péssimo para os funcionários da Sercomtel mas trabalhar numa empresa que todo os anos depende de aportes de um município que não consegue nem tapar os buracos de suas vias públicas não me parece também tão seguro.

    Resposta
  • 23/05/2019, 21:54 em 21:54
    Permalink

    Está chegando a hora, companheiros da Sercomtel.

    Finalmente após nós teremos desfecho. Precisamos sim de pessoas capazes de oxigenar o quadro. Precisamos sim de empreendedores.

    Chega de gerentes com conchavos políticos, chega de troca-troca de cadeira.

    Sercomtel é muito maior que as pessoas que ali estão.

    Prestem atenção, na Sercomtel há 3 grupos.

    1- Os da situação que se alinharam com a política atual.

    2- os que se adaptam a todo político; e

    3 – aqueles que querem apenas trabalhar.

    Salários pompousos serão substituídos por eficiência, e oh, como precisa de eficiência.

    Resposta
    • 24/05/2019, 10:02 em 10:02
      Permalink

      Concordo. São três grupos na Sercomtel:
      1. Petistas: acreditam que a empresa é estratégica para o município e precisa ser preservada a todo custo, inclusive com muito dinheiro dos contribuintes:
      2. Eleitores do Bolsonaro, Ratinho, Amoedo e assemelhados: estes até defendem que a empresa já deveria ter sido privatizada há muito tempo. Pela votação do Bolsonaro em Londrina, devem formar maioria na empresa.
      3. E os independentes que acreditam que tudo na vida é transitório, estão sempre abertos a novas perspectivas de trabalho. Não costumam ficar choramingando por aí, esperam o dindim do acerto e a vida continua uma aventura sem fim.

      Resposta
      • 27/05/2019, 12:37 em 12:37
        Permalink

        Amigo não tem nada a ver com posição política.

        O que tem é ineficiência mesmo, há gerentes que estão a mais de 15 anos pingando de área em área.

        Se houvesse uma avaliação de desempenho e um plano de reestruturação decente, a Sercomtel teria solução. Mas tem muitas pessoas que não largam o osso e já o que tinha que dar. Para o bem próprio e da empresa, deveriam procurar novos área.

        Resposta
  • 23/05/2019, 21:55 em 21:55
    Permalink

    Estes funcionários da Telecom de vez trabalhar, fica perdendo tempo lendo este blog

    Resposta
  • 24/05/2019, 09:44 em 09:44
    Permalink

    Nezinho PNC. Este é o único canal para os funcionários externar suas indignações quanto a administração desse outro Belinatti. Formado em medicina e direito, mas um b. em encontrar ou aceitar soluções apresentadas.

    Resposta
  • 24/05/2019, 11:15 em 11:15
    Permalink

    O cumunistinha teve seus 15 minutos de fama

    Resposta
    • 24/05/2019, 20:55 em 20:55
      Permalink

      O verdadeiro Satanás nunca escreveria “cumunistinha” já que ele estudou em Harvard com o reverendo Dallagnol e o sniper Witzel. KKK KKK KKK (E às 11:15 o Satanás está ralando no trabalho e, com seu salário à Bolsonaro & Guedes, só vai conseguir comer o pão que o diabo amassou!)

      Resposta
    • 25/05/2019, 08:06 em 08:06
      Permalink

      Olá Satanas, que a Paz de Deus esteja com você!
      Você é o pai da mentira, mas também burro, me parece. Burro igual aos líderes do seu bando.
      Bom verão pra você aí no inferno.
      Um abraço de longe.

      Resposta
  • 24/05/2019, 14:06 em 14:06
    Permalink

    Sabia o “CAMINHO DAS PEDRAS” mas…. se perdeu??????????? Compra urgentememte um GPS Marcelão.

    Resposta
  • 24/05/2019, 19:40 em 19:40
    Permalink

    Um socialistazinho que teve seu tempinho de fama defendendo somente os funcionários da Sercomtel Telecomunicações, mas se esqueceu dos demais funcionários da Iluminação e Contac Center, inclusive falando mal dessas empresas em seu discurso, desmerecendo e não dando importância para os que lá também trabalham, haja vista que o socialista já usufruiu do sistema capitalista da Contact Center (antiga Ask), recebendo seu “salariozinho” fazendo a sua política na época, e agora importa pouco com os funcionários que ele mesmo dizia na epoca que se preocupava tanto. É claro que são muito importantes todos os funcionários trabalhadores da Sercomtel e de todas as do grupo, afinal serão muitas famílias desamparadas, mas parece que o socialista J**** não se importa com isso, e o que importa é apenas olhar para seu “umbigo”.

    Resposta
  • 24/05/2019, 20:56 em 20:56
    Permalink

    Aí que do, os empregados estão caindo na arapunca do comunista que o mesmo entrou com processo trabalhista contra a Sercomtel e quando foi presidente da ask suas contas foram reprovadas.
    Este circo pq ele é sua conjugue são adv.

    Resposta
  • 26/05/2019, 11:15 em 11:15
    Permalink

    Cadê o Sindicato? Mudou o presidente?

    Resposta
  • 27/05/2019, 11:24 em 11:24
    Permalink

    A iluminação pode até sobreviver sem a Telecom, mas a Ask… hahahahahhahahaha … ñ dura 4 meses sem a Telecom. A ñ ser que os experts administradores amarrem um contrato ilegal com a Telecom.

    Resposta
    • 28/05/2019, 11:09 em 11:09
      Permalink

      Mãe do Nezinho, se prepare para engolir a sua língua venenosa, e claro pessoas com essa língua e pensamento deve amarrar muitas ilegalidades na sua vida, quando eu faço logo já penso que todos fazem também. Cuidado menos veneno porque tudo na vida volta e esse pode te matar.

      Resposta
  • 28/05/2019, 08:01 em 08:01
    Permalink

    Colocaram um Capiau na presidência da Empresa, que de tão perdido não sabe nem de que cueca caiu… Na prática quem tá mandando é o assessorzinho dele, um “dotôzinho” água de salsicha que também não me parece capaz de nada além de criar antipatia dos outros.
    Triste fim pra empresa que podia ter significado ainda mais pra Londrina

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: