Advogado de Rony Alves contesta condenação

NOTA do advogado Maurício carneiro

Diante da decisão judicial de Londrina, a defesa do ex-vereador Rony Alves destaca que a decisão,  que é parcial e temporária, sentenciou Rony a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de dez anos, não é razoável.

O próprio Juiz sentenciante, Marcos José Vieira, afirma que: “Não se conseguiu apurar ao certo o valor da propina recebida”. Na sequência confirma que desconhece qualquer enriquecimento por parte do vereador e de qualquer quantia que ele tenha recebido: “De toda sorte, o desconhecimento acerca desse quanto obsta a que se apliquem as penas de perdimento do acréscimo e de multa civil: ambas são calculadas tendo como base a vantagem indevida, cujo quanto o Ministério Público não logrou comprovar”.

Ou seja, não existem provas e mesmo assim o Juiz entendeu por bem em sentenciá-lo. Temos plena confiança que o TJ PR irá reverter essa decisão, por ser completamente injusta.

Leia Também

Presidente do TSE defende punição para quem usar IA para enganar eleitor

Via Contraponto “O que não pode no mundo real, não pode no mundo virtual. Esse...

Acordo entre diretoria do Londrina e SM Sports mica, e empresa deve continuar no comando do time

Qualquer torcedor do Londrina, minimamente atento, já percebera que o rompimento do contrato entre o...

9º Congresso de Cidades Digitais e Inteligentes reforça a inovação como investimento para os municípios

Da Assessoria Após um dia e meio de intensa programação, terminou, em Londrina, o 9º...

Comente!

Um comentário

  1. Lembrança do caos

    Que a Justiça Divina seja a orientadora de nossas vidas.
    Amém.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *