Cerca eletrificada em escola, em Londrina, matou um garoto de 15 anos

E o professor Amauri Cardoso, que atua há muitos anos na rede municipal de Londrina, relembrou mais um caso em que um garoto morreu depois que encostou em uma cerca eletrificada no colégio Bento Munhoz da Rocha Neto, que fica ao lado de uma UBS do distrito de Lerroville.

O menino tinha 15 anos.

É importante que os vereadores de Londrina sejam informados.

Compartilhe
Leia Também
Comente

Um comentário

  1. Genildo

    Se pesquisar verá que não se tratava de uma cerca elétrica e sim um arame eletrificado de forma continua e não em pulsos como propriamente funciona uma cerca elétrica padrão. Era uma autentica gambiarra.

  2. Marcos

    E na CTD, o presidente Khul será reconduzido?
    Cuidado hem Marcelo.
    O Comitê aprovou?

  3. Luís Caldas

    Marcelo, na CTD, o canal de denúncias é igual aos três patetas.

  4. Campos

    Mais uma ideia de jerico das muitas que se popularizaram nos últimos anos. Semelhante à ideia de que armar a população vai garantir a segurança das pessoas. Há muitas formas de aumentar a segurança de escolas sem expor pessoas – no caso, crianças e adolescentes – a riscos desnecessariamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios