CMTU, Cohab e ainda a Sercomtel, alvos do Ministério Público

O blog vinha alertando desde o início do ano que a telefônica Sercomtel e a Cohab de Londrina tinha em seus tem em seus conselhos pessoas que não se enquadram na Lei das Estatais. E não poucas.

Aliás, o blog questionou várias vezes a indicação do ex-presidente da Sercomtel – que pediu demissão ontem – por não se enquadrar na lei. Enfim.

Agora leio na Folha de Londrina, matéria do Guilherme Marconi, que a promotora de Patrimônio Públio, Sandra Koch está dando prazo de 30 dias para que os membros de diretoria e conselho da Cohab e Sercomtel apresentem a documentação necessária que comprove se podem ou não ocupar as funções.

Por enquanto é uma recomendação administrativa, mas que pode virar processo por improbidade caso haja alguma desconformidade – adoro essa palavra.

Aliás, a CMTU deverá ser o próximo alvo.

Ocorre que muitos destes cargos estão sendo ocupados por dirigentes partidários por mera acomodação política. Aquela velha e falida política que insiste em ser mantida em algumas esferas.

5 comentários em “CMTU, Cohab e ainda a Sercomtel, alvos do Ministério Público

  • 10/10/2017, 13:43 em 13:43
    Permalink

    Quem mantém a falida e velha política são os eleitores: os menos favorecidos devido a condição de massa de manobra; os mais favorecidos por interesses escusos.

    Resposta
  • 10/10/2017, 15:29 em 15:29
    Permalink

    Já mudou oito vezes – contando com aquele Riudi e Balan no Conselho de Administração da Sercomtel.

    Tira a foto agora?

    http://novo.paiquere.com.br/um-belinati-contra-a-corrupcao/

    No sábado, durante entrevista ao Paiquerê Rádio Opinião o novo prefeito foi provocado por ouvintes e disse que a corrupção não terá vez em seu governo.

    Marcelo adotou um discurso enfadonho ao insistir em uma mudança na cara da cidade de Londrina: “Tirem uma fotografia de hoje para comparar com uma fotografia no final da nossa gestão”. Tem entoado essa conversa como se fosse um mantra!

    Resposta
  • 10/10/2017, 17:53 em 17:53
    Permalink

    MP e Gaeco, deem uma boa olhada na CMTU e seus contratos com o lixo, acharão muito mais que deveriam…..

    Resposta
  • 10/10/2017, 19:27 em 19:27
    Permalink

    O alemão já exomerou os assessores do japa???? Se não o fez, faça o mais rápido possível, os funcionários estão ficando intolerantes com esses Aspomes que foram contratados sem a menor necessidade. Pediram para os funcionários cartão a própria carne, mas eles não fizeram o mesmo.

    Resposta
    • 17/10/2017, 13:29 em 13:29
      Permalink

      Demitiu no dia em que saiu – mas só este assessor?
      Foi para cartório de Jardim Alegre? (273 LUIZ AUGUSTO MILENKOVICH BELINETTI Ivaiporã Serviço Distrital de Jardim Alegre)

      RESOLUÇÃO Nº 122/2017
      O DIRETOR PRESIDENTE DA SERCOMTEL S.A. – TELECOMUNICAÇÕES, sociedade de economia mista, em conformidade com a natureza de
      suas regulares atribuições legais e estatutárias;
      • Considerando que o Sr.LUIZ AUGUSTO MILENKOVICH BELINETTI – RE-3810, exerce a função do cargo em Comissão de Assessora de
      Diretoria, lotado na Presidência, desde 05/05/2017;
      • Considerando futuras mudanças na Gestão;
      RESOLVE:
      Art. 1º Exonerar o Sr.LUIZ AUGUSTO MILENKOVICH BELINETTI – RE-3810 de suas funções a partir do dia 09/10/2017;
      Art. 2º Revogar as disposições em contrário em especial a Resolução nº 057/17.
      Londrina, 09 de outubro de 2017.
      Luiz Carlos Adati – Diretor Presidente e de Relações com Investidores

      http://www2.londrina.pr.gov.br/jornaloficial/images/stories/jornalOficial/jornal_3365_assinado.pdf

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: