Em alguns casos a fruta caiu muito longe do pé

E toda vez que o colaborador deste blog vê matérias falando sobre a redemocratização do Brasil, a campanha Diretas já, etc, que tiveram a efetiva participação de vários líderes nacionais, entre eles José Richa – ex-governador do Paraná -, vem à memória que o filho do fundador do PSDB contradiz o ditado de que a fruta não cai longe do pé.

Como se sentiria José Richa, um dos personagens mais influentes para processo de redemocratização ao ver o filhote, Beto Richa, querendo se aliar a Jair Bolsonaro, o ex-presidente que passou a vida defendendo a ditadura e que tentou um malfadado golpe de estado, conforme uma infinidade de provas circulando por aí.

Compartilhe
Leia Também
Comente

Um comentário

  1. Luiz Flavio

    Queria ver a cara de um pai – politico honestissimo – que deve ter educado muito bem seus filhos, transmitindo valores eticos, morais e Republicanos, se deparar com uma ficha corrida tendo nome e SOBRENOME. Eu ficaria muito frustrado, triste e decepcionado.

  2. Valduga

    Foi um ótimo governador pra Londrina e região.
    Agora tem oportunidade eleger o Coronel Vila prefeito da cidade que o pai dele já foi um dia.

  3. Antonio

    Será que ele não foi adotado? Acho que vale a pena exumar José Richa para um exame de DNA.

  4. Antonio

    Será que ele não foi adotado? Acho que vale a pena exumar José Richa para um exame de DNA.

  5. Biro

    Beto Richa já deu outras provas de que caiu longe do pé esse fruto. Lembra da surra que ele deu nos professores. É as acusações na Lava Jato. O golpe na Dilma quando ele se aliou ao Temer. Beto já se deixou o pai desgostoso…

  6. Mario

    Ainda vamos a volta do Beto Richa começando pela eleição do Vila em Londrina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios