Morre Francisco Leite Chaves, ex-senador eleito por Londrina

Morreu ontem, em Brasília, aos 93 anos, o ex-senador Francisco Leite Chaves. Paraibano de nascimento (Itaporanga), formou-se em direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1956.

Já morando em Londrina, em novembro de 1974, pela legenda do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), concorreu ao Senado, elegendo-se e assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte. Em 1982, filiando-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), foi eleito suplente do senador Álvaro Dias. Foi, novamente, entre 1987 e 1995, eleito senador pelo Paraná. Em 10 de abril de 1986, foi nomeado pelo presidente da República, José Sarney, procurador-geral da Justiça Militar, permanecendo no cargo até 18 de março de 1987. Advogado de carreira do Banco do Brasil, aposentou-se da Diretoria Jurídica. Integrou a delegação brasileira, na qualidade de observador parlamentar, à XXXII Assembleia da Organização das Nações Unidas (ONU), em 1977.

Amigo pessoal do ex-senador, o ex-governador Alvaro Dias prestou uma homenagem a Chaves: “Foi no dia 1 de outubro do ano passado meu último encontro com ele. Aos 93 anos de idade Leite Chaves caminhou conosco desde o Cine Teatro Universitário Ouro Verde até a Rua Pernambuco, quase dois quilômetros. E ao final pediu para discursar. E o fez com a lucidez e o brilho de sempre.”

Compartilhe
Leia Também
Comente

7 Comments

  1. Parabéns

    Se fosse Antonio Casemiro Belinati já teríamos luto oficial?

  2. Zero Netto

    A homenagem do Álvaro Dias ao Leite Chaves pode ser justa mas é mais uma prova de que Álvaro Dias não conhece mais Londrina ou não tem a menor noção de distância. Desde quando a distância entre o Ouro Verde e a rua Pernambuco tem quase dois quilômetros?!?

    1. Antonio Bragantino Netto

      Eles foram ziguezagueando pelo Calçadão, Sergipe, São Paulo, João Cândido, Pernambuco, etc… Sou testemunha visual e caminhante!

  3. Sandro Augusto dos Santos

    Era amigo de todos. Quando senador a vi chegar no aeroporto de Londrina, para embarque a Brasília, num Ford Landau, dirigido nada mais, nada menos por um Juíz muito conhecido do Fórum de Londrina.

  4. Indalécio Madruga

    Depois da sova que o MDB velho de guerra levou nas eleições de 1970, ninguém queria se candidatar pelo partido em 1974. Foi então que azarões como Itamar Franco, Orestes Quércia e Leite Chaves chegaram ao Senado: topando a empreitada que os outros refugaram. Leite Chaves fez história.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios