Morreu Juca Chaves, um dos ícones do humor ácido e inteligente

Durante a ditadura militar, em alguns shows, ele colocava uma tartaruga no palco, com uma bandeira nas costas, e cantava: “Este é um país que vai pra frente, uou uou uou uou uooouu…”

Esse cara, ator, compositor, trovador, cantor, morreu no fim de semana.

Foi apelidado por nada mais nada menos do que Vinicius de Morais de o trovador maldito.

Juca Chaves, nascido no Rio de Janeiro, mas há décadas morando na Bahia, era assim, provocador, ácido, irônico. Tinha um humor inteligente e fazia como poucos a crítica aos governos militares e aos governos que se seguiram.

Na noite de sábado ele morreu, aos 84 anos. “O Hospital São Rafael lamenta a morte do paciente Juca Chaves devido a complicações de problemas respiratórios e se solidariza com a família e amigos por essa irreparável perda. O hospital também informa que não tem autorização da família para divulgar mais detalhes”, dizia a nota do hospital.

Entre suas canções mais conhecidas estão Caixinha, Obrigado, A Cúmplice, Menina, Que Saudade, Por Quem Sonha Ana Maria e Presidente Bossa Nova.

Compartilhe
Leia Também
Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios