Prefeito de Rolândia denuncia vereador

E o prefeito de Rolândia, Luiz Francisconi Neto disse hoje em entrevista coletiva que está de saco cheio de tanta pressão e gente querendo derrubá-lo. “São denúncias anônimas, fofoca, o tempo todo desde que eu reassumi a prefeitura em janeiro. Não me deixam trabalhar em paz”, comentou o prefeito

Ele disse que o vereador Reginaldo Silva, através de um outro personagem chamado Diego Silva, ex-presidente do SD, o procurou pedindo cargos para colaborar para evitar uma nova CPI contra ele. “Foi o que eu entendi”, disse o prefeito que já foi alvo de uma CPI no ano passado.

Francisconi apresentou um papel com nomes que, segundo ele, Reginaldo Silva teria entregue a ele com nomes de pessoas e cargos que ele queria na prefeitura para evitar que a CPI andasse.

O prefeito está discutindo com os seus advogados se levará a denúncia ao Ministério Público.

Em entrevista a Rádio Paiquerê, o vereador Reginaldo Silva, muito nervoso, disse que iria registrar um Boletim de Ocorrência contra Francisconi por denunciação caluniosa. Questionado pelo jornalista Neto Almeida se ele tinha entregue uma lista com nomes para compor a administração, vaselinou e não respondeu. Disse que nunca fez qualquer pedido ao prefeito para ajudá-lo na Câmara.

Diego Silva, ex-presidente do SD, e que estava na reunião onde foi entregue a lista com nomes para compor a administração, admitiu que estava havendo uma tentativa de reaproximação com a prefeitura e que a lista com nomes foi sim entregue. Porém, curiosamente, não se lembra quem entregou e quem escreveu os nomes. Ele negou que tenha havido qualquer pressão em troca de barrar a CPI.

Deixe uma resposta