Servidoras do Estado do Paraná agora tem mais um canal para denunciar assédio sexual

A Controladoria Geral do Estado (CGE) criou, por meio de uma resolução, um canal específico para receber denúncias relacionadas à assédio sexual praticado por agentes públicos contra servidoras, no âmbito do Governo do Paraná. A identidade do denunciante deverá ser sempre protegida.

Foi um dos últimos atos de Raul Siqueira à frente da instituição — ele deixou a CGE e assumiu a diretoria jurídica da Sanepar. 

É um canal especial da Ouvidoria da Mulher Servidora, vinculado à Ouvidoria-Geral do Estado. A intenção é padronizar o recebimento deste tipo de denúncia e dar o devido encaminhamento — registrando a ocorrência no Sistema Integrado de Gestão de Ouvidorias – SIGO.

do Blog Politicamente

Compartilhe
Leia Também
Comente

Um comentário

  1. Torquato

    Quando vão divulgar resultados de processo administrativo da PML?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios