A Nova Política 2

Vocês lembram quando o PT estava no poder e distribuía verbas generosas para financiar blogueiros, portais, tuiteiros e outros parceiros da esquerda que atacavam adversários?

Pois bem.

Tudo Mudou. Ou não né.

Mostra reportagem do Globo que canais no Youtube que defendem o fechamento do Congresso e do STF são abastecidos por verbas publicitárias de estatais.

Alguns desses youtubers são bolsonaristas alvo do inquérito do STF sobre fake news.

“Entre os blogueiros que receberam verba publicitária da Petrobras e que são investigados pelo STF estão Allan dos Santos, do canal ‘Terça Livre’, Enzo Leonardo Suzi Momenti, do canal ‘Enzuh’, e Bernardo Pires Kuster. Os três foram alvos de mandados de busca e apreensão na última quarta-feira. O ‘Terça Livre’, de Santos, veiculou 3.490 anúncios pagos pela Petrobras. Já o canal de Kuster no YouTube veiculou 3.602 anúncios pagos pela estatal, enquanto o canal de Momenti veiculou 1.192. A Eletrobras também teve propagandas divulgadas nesses três canais. Foram 536 no de Kuster, 398 no ‘Terça Livre’ e 273 no de Momenti.”

É uma prática, conforme o jornal, que começou em 2017 e não parou até hoje, aliás, pelo jeito nem pretende parar.

4 thoughts on “A Nova Política 2

  • 01/06/2020, 12:36 em 12:36
    Permalink

    O londrinense Bernardo Pires Kuster amigão do Filipe Barros repete o londrinense Andre Guimaraes do então presidiário André Vargas?
    PSL e PT sempre iguais, tão iguais no tal lambuzar com dinheiro público.

    Resposta
    • 02/06/2020, 09:36 em 09:36
      Permalink

      É uma farra com o dinheiro público. CRIMINOSO. Essas pessoas precisam ser enquadradas e presas. Devem devolver os recursos públicos que foram utilizados indevidamente. Cabe então a PF, o MP, o Poder Judiciário cumprir o seu papel.

      Resposta
  • 01/06/2020, 14:00 em 14:00
    Permalink

    O lema “faça o que digo, não faça o que eu faço” nunca esteve tão atual.

    Resposta
  • 01/06/2020, 23:52 em 23:52
    Permalink

    Os novos purinhos da política não se cansam de comparar os petistas com os bolsonaristas. Eu nunca li um texto nos blogs de esquerda (e muitos não recebiam um tostão do governo ou de estatais a não ser quando era propaganda distribuída até pelo Google) defendendo o fechamento do Congresso ou do STF (e olhe que o STF, no tempo do PT, foi conivente com barbaridades cometidas contra o partido para agradar a mídia conservadora). Outro detalhe importante: na época do PT havia um critério transparente de distribuição de verbas publicitárias. Cansei de ler, por força do ofício, textos na Veja descendo o cacete no PT e propaganda de páginas inteiras da Petrobras. Quem quiser conferir, basta pesquisar naquela coleção da Veja que é conservada com carinho e devoção.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: