A relevância do político nativo

É só impressão deste blogueiro ou nas últimas décadas governadores do Paraná são pouco ouvidos no cenário nacional?

Não me recordo de quem foi o último que realmente se tornou liderança nacional.

Teria sido José Richa?

3 comentários em “A relevância do político nativo

  • 09/04/2020, 11:05 em 11:05
    Permalink

    Você ouviria atentamente o governador Ratinho Júnior na hora de investir?
    Colocaria sua vida futura dentro dos planos dele?

    Resposta
  • 09/04/2020, 13:28 em 13:28
    Permalink

    O interventor Manoel Ribas na ditadura Getulista de 1930 a 45. Nunca a região norte cresceu tanto, mesmo por que foi fundada e desbravada nessa época. Virou em 40 e 50 o celeiro do Brasil. Londrina realmente crescia. Depois disso, talvez José Richa… Talvez.

    Resposta
  • 09/04/2020, 15:42 em 15:42
    Permalink

    Pensava que o Bob Req teria sido um desse tipo. Sabe que sou burro e não entendo muito bem. Ou talvez o Beto Richa quando fez a ampliação da PR 445 em Londrina, muito criticada e esperada e que resolveu parte do trafego pela região sul de Londrina e sua ligação com Cambé e bairros lindeiros. Agora vai. O Ratinho é mais um com ligação com o Norte do Estado – seu pai é de Jandaia do Sul (de onde saíram diversas figuras de destaque nacional) e começou na imprensa policial em Londrina. Dizem que foi até ambulante. Mais um com ligação com a região que não dá valor…Infelizmente. A culpa é do fakenews.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: