Acusado de corrupção, prefeito de Prudentópolis é cassado

Mais um prefeito teve o mandato cassado no Paraná. Desta vez foi o prefeito de Prudentópolis, Gilvan Agibert.

A sessão na Câmara aconteceu na seta-feira. Acusado pelo Ministério Público de 23 crimes relacionados à corrupção e desvio de dinheiro público, Agilbert estava afastado desde fevereiro.

O ex-prefeito havia sido preso em fevereiro com R$ 24 mil, mas foi solto dias depois. O vice-prefeito, Adelmo Luiz Klosowski (PPS), assumiu o cargo.

Deixe uma resposta