Administração Pública – Nos bastidores

Com o processo de impeachment em curso no Senado, um movimento começa a se intensificar no Governo federal. Petistas estão deixando cargos de confiança no primeiro escalão – sobretudo no Palácio do Planalto – e buscando abrigos em conselhos de empresas públicas e autarquias, onde ganham mandato de no mínimo dois anos. As edições do Diário Oficial da União atestam os deslocamentos.

Um comentário em “Administração Pública – Nos bastidores

  • 24/04/2016, 18:44 em 18:44
    Permalink

    Nedson Micheletti volta da CEF Brasília para Londrina ou fica cedido pela Caixa no gabinete do Enio Verri?
    Angelo Vanhoni volta da direção da ESAF para Curitiba?
    Dr. Rosinha deixa o Parlasul em Montevideu?
    Jorge Samek aposenta-se pela Itaipu Binacional agora em maio, antes do impeachment?
    Areovaldo Figueiredo deixa o Postalis e volta para o sindicato dos carteiros?
    Paulo Bernardo vai ao Sine para encontrar uma vaga, já que faz alguns anos que não trabalha?
    E o Glaudio?

    http://colunaesplanada.blogosfera.uol.com.br/2016/04/24/temer-levanta-dados-sobre-servidores-terceirizados-do-pt/

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: