AEPIC cobra de Econorte Contorno Norte

Um movimento liderado pela Associação das Empresas do Polo Industrial de Cambé (AEPIC), formada por 10 empresas, está mobilizando a concessionária Econorte a implantar o Contorno Norte. A obra é necessária para desafogar o trânsito da BR-369, mas até agora não há previsão para o início das atividades. A obra era uma obrigação da Econorte prevista em contrato. Ontem o grupo foi até a Câmara de Vereadores de Cambé para pedir apoio dos políticos. A Econorte explicou que a pedido do governo estadual estuda a priorização.

Deixe uma resposta