Álvaro Dias: Começou onde? Em que cidade? Pelas mãos de Quem? Será que ele conta?

E o Senador Alvaro Fernandes Dias (Podemos) e sua assessoria distribuíram, via whats app, um vídeo que deveria ter a função de apresentar o pré-candidato à presidência, aos eleitores que ainda não o conhecem.

A ideia, como diz a apresentadora do vídeo, é mostrar o início da trajetória dele. “Ele nem sonhava em ser político”, diz a moça.

Bom aí entra o bonitão dizendo que um dia foi visto por um político em uma universidade. E este político o convidou pra ser candidato a vereador.

Pois é, se este vídeo deveria dar informações sobre o político Alvaro Dias, deixa muito, mas muito a desejar.

Então o blogueiro vai ajudar, já que ele parece ter vergonha das origens.

Alvaro Fernandes Dias nasceu em 1944 (ops, entreguei a idade) em Quatá, interior de São Paulo. Veio para Londrina nos anos 70 e cursou História na faculdade de Londrina – depois transformada em Universidade Estadual de Londrina. Era radialista em Londrina – fez até radionovela. Foi convidado a ser político por Olivir Gabardo. Eleito vereador em Londrina, depois foi deputado federal, governador, senador.

Os pais de Álvaro Dias radicaram-se em Maringá.

 

4 comentários em “Álvaro Dias: Começou onde? Em que cidade? Pelas mãos de Quem? Será que ele conta?

  • 18/06/2018, 12:19 em 12:19
    Permalink

    No encontro em Curitiba mês passado ele falou tudo isto, idade, onde nasceu, como começou, deu todas as informações. Não pareceu ter vergonha das origens não caro blogueiro.

    Resposta
  • 18/06/2018, 13:51 em 13:51
    Permalink

    Eu vejo no Alvaro uma Marta Suplicy com herpes.Que dificuldade com os beiços cheio de botox.

    Resposta
  • 18/06/2018, 18:49 em 18:49
    Permalink

    começou por aqui, e não teria problema algum em falar, londrina prodiuz gente desta especie a rodo

    Resposta
    • 19/06/2018, 12:05 em 12:05
      Permalink

      com certeza e Boca Aberta foi a escória que fechou o caixão de vez, sujeito malandro e oportunista.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: