As escolas e o Dindim que está depositado na Câmara de Londrina

E Londrina tem 78 escolas municipais danificadas pela chuva torrencial que caiu no dia 11 de janeiro. E para recuperá-las serão necessários 17 milhões de reais, como informa a Folha de Londrina (http://migre.me/sKnOR). E aí se pergunta: tem lógica a Câmara Municipal de Londrina deixar 13 milhões aplicados em banco para uma futura e incerta ampliação do prédio?
Já estou tocando no assunto a algum tempo e nada de algum vereador ou vereadora falar: http://migre.me/sKnHG Dizer que ministro de Integração e Defesa Civil promete liberar 1 milhão de reais é piada para comprar caminhões é piada. Agora recuperar escolas e rapidamente é com dinheiro vivo, portanto o dinheiro está pronto para ser liberado na Câmara de Vereadores, e com a palavra os eleitos pelo povo de Londrina: Vão ou não vão contribuir com a recuperação da cidade.

3 comentários em “As escolas e o Dindim que está depositado na Câmara de Londrina

  • 21/01/2016, 11:12 em 11:12
    Permalink

    Amauri Cardoso – professor
    Roni – professor
    Elza – esposa de professor
    Professor Fabinho
    Lenir – professora de Serviço Social
    Ex Padre Roque – ex professor no Canadá
    Gaúcho tá amarrado naquilo – professor de Sinuca
    Quando vão se manifestar?

    Resposta
  • 21/01/2016, 18:24 em 18:24
    Permalink

    Ninguém vai dizer nada:
    Junior Rosa Santos (PSC) – 1,52% – 3.961 votos
    Roberto Kanashiro (PSDB) – 1,51% – 3.929 votos
    Gustavo Richa (PSB) – 1,44% – 3.737 votos
    Vilson Bittencourt (PSL) – – 1,39% – 3.610 votos
    Elza Correia (PMDB) – 1,36% – 3.545 votos
    Gaúcho Tamarrado (PDT) – 1,31% – 3.416 votos
    Roberto Fu (PDT) – 1,25% – 3.245 votos
    Emanoel Gomes (PRB) – 1,23% – 3.213 votos
    Jamil Janene (PP) – 1,22% – 3.164 votos
    Professor Rony Alves (PTB) – 1,17% – 3.055 votos
    Sandra Graça (PP) – 1,15% – 3.002 votos
    Padre Roque (PR) – 1% – 2.593 votos
    Deliberador (PMN) – 0,92% 2.393 votos
    Sidney Souza (PTB) – 0,79% – 2.062 votos
    Professor Fabinho (PPS) – 0,71% – 1.848 votos
    Mario Neto Takahasi (PV) – 0,44% – 1,146 votos

    Resposta
  • 22/01/2016, 13:27 em 13:27
    Permalink

    Até agora não vi nenhum vereador se manifestar Claudio Osti. Cobra ai como tá cobrando a polícia no caso dos fios.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: