Assessor de Richa para assuntos fundiários é “persona non grata”

Hamilton Serigheli

do blog de Caio Gottlieb

Sem papas na língua, a Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná (Caciopar) fez chegar aos ouvidos mais graduados do Palácio Iguaçu o seu mais veemente repúdio à conduta do assessor de Assuntos Fundiários Hamilton Serighelli diante das ocupações que o MST promove em áreas produtivas do estado.

Denunciando o escandaloso conluio do citado servidor com os invasores e o seu total desprezo pelo direito de propriedade, a entidade declarou com todas as letras que não reconhece nele as qualificações necessárias, como isenção, imparcialidade e respeito à lei, que deve demonstrar o ocupante de um cargo público com a responsabilidade de atuar como interlocutor entre as partes na mediação de conflitos agrários.

De modo muito especial no caso das seguidas invasões dos reflorestamentos da indústria Araupel em Quedas do Iguaçu, onde se registra grave demora do governo em cumprir os mandados judiciais de reintegração de posse, são inúmeras as provas de que o MST, há longo tempo, tem em Serighelli um fiel aliado.

Deixe uma resposta